quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Ex-candidato que prometeu ponte até Fernando de Noronha morre em Natal


Miguel Mossoró, de 76 anos, estava internado no Hospital do Exército.
Propostas inusitadas marcaram a curta carreira política do militar.
Morreu na tarde desta terça-feira (11) o militar e ex-candidato a prefeito de Natal, Miguel Joaquim da Silva, conhecido como Miguel Mossoró. O ex-político tinha 76 anos e estava internado no Hospital do Exército, em Natal. Natural de Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte, Miguel ganhou notoriedade pelas propostas inusitadas como a construção de uma ponte ligando a capital potiguar ao arquipélago de Fernando de Noronha.
Na campanha para prefeito, em 2004, Miguel Mossoró conseguiu 67.065 votos pelo PTC (Partido Trabalhista Cristão). A votação foi considerada expressiva na época. A eleição daquele ano terminou no segundo turno entre Carlos Eduardo e Luiz Almir. A candidatura foi repetida em 2008, mas o resultado ficou longe do anterior. Em 2014, nova tentativa sem sucesso nas urnas, desta vez para deputado federal.
Nas propagandas políticas, as propostas inusitadas de Mossoró não pararam na ponte entre Natal e Fernando de Noronha. Uma das mais famosas expressões era a 'mãozada' que prometia dar nos 'gringos' que assediassem as mulheres potiguares. Na época, a questão da exploração sexual por parte de estrangeiros causava polêmica na capital potiguar.
Fonte: G1RN



Nenhum comentário:

Postar um comentário