quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Filho de ex-procuradora-geral da AL é preso 14 dias após prisão da mãe

O filho da ex-procuradora-geral da Assembleia Legislativa do RN, Rita das Mercês, foi preso nesta quarta-feira (2) na operação Candeeiro, que investiga desvio de recursos do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema). Gutson Johnson Giovany Reinaldo Bezerra é suspeito de envolvimento no esquema que desviou mais de R$ 19 milhões do Idema, segundo o MP. A mãe dele foi presa no dia 20 de agosto na operação Dama de Espadas por suspeita de desvio de recursos públicos na AL. Ela foi solta três dias depois por força de um habeas corpus.
Além de Gutson Jonhson, outras três pessoas foram presas na operação. Foram emitidos 5 mandados de prisão temporária, 10 mandados de condução coercitiva e 27 mandados de busca e apreensão em Natal, Parnamirim, Santana do Matos e Mossoró. De acordo com o MP, os desvios dos cofres do Idema aconteceram entre os anos de 2013 e 2014. O juiz da 6ª Vara Criminal de Natal decretou ainda sequestro de bens e valores de pessoas físicas e jurídicas.
Enquanto o MP cumpria mandados de busca e apreensão na sede do Idema, que fica na Zona Sul de Natal, os funcionários foram impedidos de entrar no local. O prédio foi liberado após o cumprimento dos mandados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário