quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Militares estaduais decidem nesta quinta-feira paralisação geral

Policiais e bombeiros militares realizam Assembleia Geral Extraordinária nesta quinta-feira (15), às 9h, em frente à Governadoria, para decidir se irão paralisar as atividades. O ato público reivindica a regularização no pagamento salarial e a garantia do décimo terceiro. De acordo com o presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros (ASSPMBMRN), subtenente Eliabe Marques, “nesta reunião com os militares estaduais definiremos se haverá a paralisação, se será por um dia, ou por tempo indeterminado”.

A discussão sobre a possibilidade da paralisação ocorreu junto com a não aceitação da proposta do Governo do Estado de empréstimo para o 13° salário. Segundo o Projeto de Lei descartado, o servidor público pediria o crédito consignado no valor do décimo e o Governo assumiria o pagamento do empréstimo, em caráter indenizatório, através de folha suplementar no contracheque. Em segunda opção, o funcionário público poderia receber a gratificação parcelada durante o ano de 2017 em valor corrigido.

“Pela proposta, o risco seria do servidor, já que, se o Estado não repassar o pagamento em dia, nós é que ficaríamos negativados com o banco”, explica Eliabe Marques. Em reunião com o Executivo, nessa última quinta-feira (8), todas as entidades do Fórum dos Servidores também rejeitaram o Projeto.
Fonte: Vlaudey Liberato

Nenhum comentário:

Postar um comentário