sábado, 28 de outubro de 2017

Polícia Militar prende advogado e dois clientes após tentativa de assalto em Caicó

Jair Sampaio - Uma tentativa de assalto frustada nessa noite de sexta feira em Caicó terminou com a prisão de três suspeitos. De acordo com a Polícia, Wanderson Hébert Farias, Luís Carlos Soares e Geovaniny Fonseca Pimentel (advogado), tentaram praticar um roubo a uma academia no centro da cidade. Um policial à paisana impediu o crime in loco.

Dentro da academia o policial militar percebeu a presença de quatro homens armados mas não esboçou reação, os elementos também perceberam que se tratava de um policial e recuaram, rapidamente o militar pediu reforço. O veículo, Gol na cor preta, que conduzia os suspeitos foi interceptado próximo ao CDS, e um revólver foi apreendido.

Conduzidos à delegacia, os policiais resolveram fazer uma abordagem minuciosa no veículo e encontraram mais um revólver. À polícia, Wanderson Hébert Farias e Luís Carlos Soares disseram que tinham uma dívida com o advogado Geovaniny Fonseca, por isso precisavam realizar a parada para quitar a dívida. Geovaniny também estava no Gol.

A polícia procura agora o quarto elemento que foi visto dentro da academia. "Pelo jeito tinha um segundo veículo dando apoio aos três que foram presos pela Polícia Militar, e devia ser uma moto, pois não conseguimos pegá-lo", diz um policial que estava na ocorrência. Das armas de fogo apreendidas, uma delas é um Revólver Cal.32 e a outra um Cal.38.

O Coronel Walmary Costa, comandante do 6º BPM elogiou a ação dos policiais. Para o comandante, a ação exitosa da Polícia Militar é o reflexo do trabalho árduo e continua que a tropa faz no dia a dia na cidade de Caicó, sempre buscando inibir as ações do crime organizado. "Demonstra 
que os policiais estão todos muito atentos", diz Costa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário