domingo, 17 de dezembro de 2017

Robinson e Julianne não dividem mais o mesmo teto e se falam por meio de advogados

Já diziam as grandes cabeças pensantes: "Nunca se engane, nenhuma história de amor tem final feliz". Baseado nisso, rumores indicam que o recente episódio entre o Governador do RN e a primeira-dama é mais confuso e misterioso do que se imaginava.

Informações dão conta de que o Governador Robinson Faria e Julianne não dividem mais o mesmo teto. O pedido de divórcio foi oficializado e ambos conversam somente por intermédio de seus advogados.

Tudo começou com o polêmico pedido de exoneração de Julianne Faria da Secretaria de Assistência Social. Inclusive, ela publicou comunicado na madrugada da última quinta-feira (7) nas redes sociais. Em seguida, num curto intervalo de tempo, Julianne anunciou sua desfiliação partidária do PSD.

De acordo com informações, ao saber do momento conturbado pelo qual vive a primeira-dama do RN, o Partido do Trabalhadores (PT) a convidou para integrar a sigla e ingressar em seus quadros políticos vislumbrando o pleito do próximo ano, o qual já é iminente.

Até o momento, nenhuma nota oficial foi divulgada. Os advogados estão tratando das questões da "papelada" do divórcio, porém, o que se comenta na capital do estado é o ponto final na união conjugal. A pergunta que não quer calar: Por que Julianne Faria anunciou sua saída durante uma madrugada e em seguida se desfiliou do PSD? É... Realmente, onde há fumaça, há fogo.

Por Max Flávio 

Nenhum comentário:

Postar um comentário