quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Motorista embriagado bate o carro após tentar fugir de fiscalização da PRF (RN)

PRF
Dirigir sob efeito de álcool é uma das condutas mais perigosas e frequentemente apontada como uma das principais causas de mortes no trânsito. Multas e penas estão entre as mais severas do Código de Trânsito Brasileiro e, desde de dezembro de 2017, são ainda mais graves para aqueles motoristas que provocarem acidentes com lesão corporal ou morte na direção de veículo automotor. Apesar disso, há quem ainda se arrisque.

A Polícia Rodoviária Federal prendeu, no fim da tarde de ontem (8), um motorista de 59 anos de idade que dirigia embriagado pela BR-406, em São Gonçalo do Amarante. Durante uma fiscalização, os policiais deram ordem de parada a um Hyundai HB20. Mas seu motorista desobedeceu e empreendeu fuga por uma estrada na zona rural próxima. Logo ele perdeu o controle do carro e colidiu contra um poste, não provocando ferimentos contra ele ou outras pessoas. Ele fez o teste de alcoolemia e foi confirmado o que já era visível aos policiais – o teor de concentração de alcoólica era bastante alto. A medição com etilômetro apontou 0,98 miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões. Isto é mais que três vezes o índice que caracteriza crime de trânsito.

O homem foi autuado e preso por direção sob efeito de álcool e desobediência. Seu carro foi levado ao pátio da PRF e o homem apresentado à delegacia de Polícia Civil para o registro da ocorrência e providências devidas para sua responsabilização. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário