quarta-feira, 4 de maio de 2022

Polícia Civil apreende 200 plantas de maconha e prende cinco suspeitos em Ponta Negra

Policiais civis da Delegacia Especializada de Narcóticos (DENARC) de Natal deflagram, nesta terça-feira (03), mais uma operação em combate ao tráfico de drogas na zona sul da capital potiguar. A ação resultou na prisão em flagrante delito de cinco suspeitos que foram autuados por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Eles foram detidos em duas residências, no bairro de Ponta Negra, que abrigavam estufas para plantio de maconha. A operação foi intitulada de “Semeadura”.

As investigações iniciaram há, aproximadamente, dois meses, quando a DENARC recebeu denúncias de suposto funcionamento de plantio e venda de drogas em duas residências em Ponta Negra. No decorrer das diligências, os policiais perceberam a chegada de um dos suspeitos em um dos imóveis, e resolveram abordá-lo. Ele confessou que mantinha cultivo ilegal de maconha nas residências e, em seguida, franqueou à entrada dos policiais aos imóveis, onde foram encontradas várias estufas, contendo plantas de maconha em diferentes estágios.

No local, foram apreendidas cerca de 200 plantas de maconha. Foram presos: Dionir Augusto de Lima, 42 anos, Erivan Cavalcante Melo Sampaio, 44 anos, Elizeu Celestino da Silva, 43 anos, Clidenor Idalino de Moura Neto, 29 anos, e Rafael Ângelo dos Santos Prata, 37 anos.

Os suspeitos foram conduzidos até a delegacia, onde permanecerão à disposição da Justiça. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181 ou pelo número do disque denúncia da DENARC/Natal (84) 98135-6050 (WhatsApp).

Fonte: Secretaria de Comunicação Social da Polícia Civil/RN - SECOMS.