quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Trio preso com 150 quilos de drogas no RN é liberado em audiência de custódia após 'flagrante ilegal'

Justiça alegou que delegado impediu direito dos advogados dos suspeitos durante o flagrante. Autoridade policial nega.
G1RN - Dois homens e uma mulher que foram presos nesta terça-feira (2) com mais de 150 quilos de drogas foram liberados na audiência de custódia realizada em Natal nesta quarta (21). Segundo a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, o motivo alegado pelo juiz que decidiu pela soltura foi que, durante o registro flagrante, o delegado que recebeu os suspeitos negou aos advogados deles direitos de manifestação após a prisão.

A ação da polícia, ainda segundo a assessoria de imprensa do TJ, teria tornado ilegal o flagrante. O Ministério Público pediu a ilegalidade, que foi concedida pelo juiz durante a audiência de custódia. Como o flagrante foi considerado ilegal, os três tiveram a prisão relaxada, ou seja, foram liberados.

O delegado Natanion Freitas, responsável pela autuação, disse que que não negou qualquer direito aos advogados. Segundo ele, o que aconteceu foi que os representantes dos suspeitos tentaram interrogar testemunhas do caso na delegacia, e o delegado os impediu. "E registrei isso no flagrante. O inquérito policial é inquisitório, não cabe nele a ampla defesa e o contraditório", argumenta Freitas.

Ainda segundo o delegado, os advogados acompanharam os depoimentos e os suspeitos, quando interrogados, não quiseram se manifestar. "Eu usei doutrinadores, como Guilherme de Souza Nucci (jurista), e também o Código de Processo Penal para explicar o motivo pelo qual eles não podiam interrogar as testemunhas. Apesar de a lei 13.245/16 ter mudado o artigo 7º do Estatuto da OAB, não cabe essa interpretação", acrescenta.

Natanion Freitas disse ainda que lamenta o entendimento do Judiciário que resultou no relaxamento das prisões. "Lamento profundamente. É um desestímulo à atuação das polícias".

A assessoria do TJ informou que o processo sobre a apreensão de drogas será encaminhado a uma das varas da Justiça, e o magistrado que recebê-lo poderá decidir ou não pela prisão dos suspeitos. Caso decida por prendê-los, será expedido um mandado de prisão e os três terão que ser localizados pela polícia para serem detidos.

Apreensão

De acordo com policiais do Batalhão de Choque, mais de 150 quilos de maconha foram encontrados dentro de uma residência, no Parque da Orquídeas, bairro de Emaús, em Parnamirim, cidade da Grande Natal. A droga estava empacotada e dividida em tabletes de um quilo cada um. Os dois homens e a mulher foram presos em flagrante na ocasião.

Ainda segundo a PM, também foram apreendidas duas barras de cocaína, uma balança de precisão, joias e uma quantia em dinheiro. Os suspeitos também estavam com duas armas, uma espingarda e uma pistola de uso restrito das forças armadas. A arma semiautomática estava com um carregador adaptado para fazer rajadas de tiros, e tinha uma mira laser que facilita a localização do possível alvo. Dois veículos que estavam na casa foram levados para averiguação.

LAGOA NOVA: UMA DAS VÍTIMAS BALEADAS VEIO A ÓBITO E A OUTRA ESTÁ FERIDA GRAVEMENTE


ACABAMOS DE RECEBER A INFORMAÇÃO QUE UM DOS JOVENS BALEADOS NA CIDADE DE LAGOA NOVA NÃO RESISTIU AOS FERIMENTOS E VEIO A ÓBITO. O OUTRO JOVEM AGUARDA TRANSFERÊNCIA PARA NATAL E SEGUNDO NOSSA FONTE SEU ESTADO DE SAÚDE É CONSIDERADO GRAVE.
AINDA NÃO TEMOS A IDENTIFICAÇÃO DAS VÍTIMAS.
UM REFORÇO FOI DESLOCADO PARA SERRA DE SANTANA E TODAS AS GUARNIÇÕES DAS CIDADES PRÓXIMAS ESTÃO MOBILIZADAS NESSE MOMENTO, PORÉM OS ACUSADOS AINDA NÃO FORAM LOCALIZADOS.
NO AGUARDO DE MAIS INFORMAÇÕES.

POR J JÚNIOR

Sargento da PM/RN troca de tiros com bandidos e acaba baleado em Natal


UM POLICIAL MILITAR DO 4º BATALHÃO FOI BALEADO NA MANHÃ DESSA QUARTA-FEIRA (21/02), NA AVENIDA JAGUARARI, BAIRRO LAGOA NOVA, NATAL. SEGUNDO A PM, O SARGENTO CHEGOU A TROCAR TIROS COM CRIMINOSOS QUE PASSAVAM NO LOCAL E IRIAM PRATICAR UM ROUBO. O MILITAR FOI SOCORRIDO E NÃO CORRE RISCO DE MORTE. OS BANDIDOS FUGIRAM E NÃO FORAM LOCALIZADOS ATÉ O MOMENTO.
190/rn
FOTO CARRO: ZAP

Polícia apreende mais de 100 kg de drogas e detém quatro em Parnamirim

Uma operação do Batalhão de Choque da Polícia Militar (BPCHOQUE) apreendeu 100 quilos de maconha e outros 3 quilos de pasta base de cocaína na noite desta terça-feira (20). A ação ocorreu no bairro de Emaús, em Parnamirim.

Durante a operação, quatro pessoas foram presas pelos policiais militares. Além disso, uma pistola Glock 9 mm – com carregador alongado de rajada –, uma espingarda calibre 12 – de repetição –, munições e dois veículos também foram apreendidos.

As pessoas detidas foram levadas para a Central de Flagrantes.
Jair Sampaio

Agricultor é encontrado morto na zona rural de Serra Negra do Norte, diz PM

A Polícia Militar foi acionada na noite dessa terça feira por familiares de um agricultor que saiu de casa (zona urbana) para trabalhar no Sítio Conceição, naquele município, mas não teria voltado para o horário de almoço.

De acordo com informações do comandante da PM local, Sub-Tenente França, o corpo de Geraldo Paulino dos Santos, 62 anos, foi encontrado por volta das 20:40 horas no sítio para onde o agricultor havia saído para trabalhar.

Ao localizar o corpo do agricultor, que residia na rua Manoel Alves dos Santos, Conjunto Praxedes, os PM's comunicaram o fato ao ITEP e Polícia Civil, que foram a Serra Negra do Norte remover o corpo e investigar, respectivamente.

Para o Sub-tenente França, ainda não há informações ou dados concretos que apontem para a causa da morte, a priori, seria morte natural, mas só a necrópsia do ITEP pode apontar de fato o que ocorreu com o agricultor Geraldo Paulino.

Informações do Blog Jair Sampaio

PM de Currais Novos prende dois com quase 3 kg de drogas


A Policia Militar de Currais Novos na noite desta terça (20), estava fazendo abordagens a veículos e ao abordar um ônibus, localizou um casal que demonstraram ficar nervosos com a presença da PM e ao fazer a revista foi encontrado 2kg de maconha e 800 gramas de crack.

Everton Júnior Bento de Freitas Galvão, de 20 anos, residente em Felipe Camarão e Ravena Benedito Gomes Santana, negaram ser os proprietários da droga, contudo foram conduzidos para a delegacia de Caicó para registrar o flagrante.
Fonte: Jota Dantas
TODOS OS DETAHLES NO TV CIDADE/BOLETIM POLICIAL NA SIDY'S TV, CANAL 4

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Câmara aprova decreto de intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro

Medida, aprovada pelos deputados por 340 votos a 72, ainda precisa de aprovação pelo Senado para valer até o fim de 2018. Previsão é de que senadores analisem texto nesta terça.
G1 - Após mais de sete horas de sessão, a Câmara dos Deputados aprovou na madrugada desta terça-feira (20) o decreto que autoriza a intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro. O texto foi aprovado por 340 votos a 72 (além de uma abstenção) e segue agora para a análise do Senado.

A previsão é de que a medida seja analisada pelos senadores já nesta terça, em sessão prevista para ter início às 16h.

VEJA COMO VOTOU CADA DEPUTADO

Na última sexta (16), o presidente Michel Temer assinou o decreto de intervenção, que passou a vigorar de maneira imediata, mas só poderá ter continuidade se for aprovado pela Câmara e pelo Senado.

O decreto estabelece que a medida vai durar até 31 de dezembro deste ano. Nesse período, o general do Exército Walter Souza Braga Netto, do Comando Militar do Leste, será o interventor no estado e terá o comando da Secretaria de Segurança, Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e do sistema carcerário no estado do Rio.

Tramitação
A análise do decreto, em regime de urgência, foi feita diretamente no Plenário da Câmara, sem passar por comissões. Os deputados não puderam propor emendas, modificando o que o presidente Michel Temer determinou no documento.

Na sessão, a relatora Laura Carneiro (PMDB-RJ) leu parecer pela aprovação do texto e defendeu que o governo apresente um projeto complementar para destinar recursos federais às operações no Rio.

“Ao se referir aos recursos federais, o decreto trouxe um termo absolutamente genérico”, disse. “É evidente que sem o aporte significativo de recursos federais a intervenção federal não conseguirá atingir minimamente os seus objetivos”, disse. 

Casal tenta fugir da PM e acaba sofrendo acidente em Currais Novos

Duas viaturas da PM de Currais Novos estavam fazendo patrulhamento de rotina quando se depararam com uma moto que empreendeu fuga, na noite desta segunda (19), por volta de 21h. Foi feito uma perseguição e o casal que estava na moto sofreu um acidente e foram encaminhados para o hospital de Currais Novos. Com a mulher identificada por Francisca Aparecida Gomes de Oliveira foi localizado uma quantia de R$ 1.240,00 em dinheiro fracionado dentro de suas roupas, que a mesma não soube explicar a origem.

E José Everaldo de Oliveira Souza, já havia sido preso acusado de tráfico de drogas e também foi liberado junto com a companheira, e alegou que se evadiu da viatura da policia devido a moto estar em situação ilegal.
POR BLOG DO JOTA DANTAS

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

PRF faz apreensão de papagaios e xexéus em Mossoró

Na noite deste domingo (18), uma equipe da Polícia Rodoviária Federal, realizava ronda na BR 304, em Mossoró, quando um veículo Saveiro ultrapassou a viatura em local proibido. Os policiais então abordaram o veículo e, ao verificar a carroceria, foram encontradas diversas gaiolas e caixas de papelão.

Dentro das caixas e das gaiolas havia 28 papagaios e 40 xexéus. Ao ser questionado, o condutor, um homem de 39 anos, informou que os animais tinham sido comprados numa feira em Fortaleza/CE e que estavam sendo levados para serem vendido em Caruaru/PE.

Diante do flagrante, foi dada voz de prisão ao homem, que foi conduzido para a Delegacia de Plantão. O veículo e os animais foram entregues ao IBAMA para as providências cabíveis.

O detido responderá pelo crime ambiental previsto no artigo 29 da Lei 9605/98, Lei de Crimes Ambientais, sujeito a pena de detenção de 6 meses a 1 ano e multa, e também o perdimento do veículo.

Fonte: PRF

Mossoró registra o 42º homicídio de 2018. Suspeito com carro roubado morre em confronto com a polícia

Um indivíduo identificado até o momento como “Francisco” que seria foragido da Justiça da cidade de Apodi,morreu em confronto com a Polícia Militar na tarde deste domingo 18 de fevereiro de 2018,no Sítio Bom Destino na Zona Rural de Mossoró no Rio Grande do Norte.

De acordo com as informações o elemento estava em um carro tipo Fox de cor branca com queixa de roubo amedrontando a população da zona rural dando cavalo de pau e atirando para o alto. O Grupo Tático Operacional, juntamente com o Tático Operacional Rodoviário e a VTR da Maísa foram acionados pelo Centro de Operações da Polícia Militar (COPOM),e seguiram para o local com objetivo de abordar e prender o acusado.

De acordo com a PM quando as equipes chegaram na localidade se depararam com o suspeito que reagiu atirando contra as guarnições. Houve revide e o suspeito acabou sendo baleado e socorrido pelos policiais para o Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), mas ele não resistiu e morreu ao dar entrada na unidade hospitalar.

O suspeito estava em companhia de três mulheres identificadas como Madilene das Chagas Costa de 28 anos de idade, Elainy Karina Oliveira Leal de 23 anos e Adriana Raquel da Silva de 21. Elas foram detidas e conduzidas para a Delegacia de Plantão em Mossoró. Na delegacia elas disseram eram do Ceará, mulheres de programa e teriam pedido uma carona ao acusado. Essa foi a morte violenta de número 42 deste ano de 2018, na cidade de Mossoró.

PASSANDO NA HORA / O CAMERA / FIM DA LINHA

domingo, 18 de fevereiro de 2018

Maior liderança solta do PCC, Gegê do Mangue é assassinado no Ceará

Rogério Jeremias de Simone, o Gegê do Mangue, maior liderança do Primeiro Comando da Capital (PCC) nas ruas, foi assassinado em uma suposta emboscada na reserva indígena de Aquiraz, a 30 quilômetros de Fortaleza, no Ceará. Com Gegê, também foi encontrado morto Fabiano Alves de Souza, o Paca. O Ministério Público do Estado de São Paulo suspeita que o crime tenha sido motivado por disputas internas da facção.

As mortes teriam ocorrido na madrugada de sexta-feira, 16, e os corpos foram encontrados na manhã seguinte. Testemunhas relataram à polícia cearense que um helicóptero pousou na região e logo depois foram ouvidos uma sequência de disparos. Investigadores paulistas acreditam que tenha sido montada uma emboscada contra Gegê e Paca.

Os corpos só foram identificados horas depois, mas a mensagem se espalhou rapidamente pelo sistema prisional paulista dando conta da morte de Gegê.

Duas hipóteses principais estão sendo consideradas para o caso. A primeira, apontada por integrantes do Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MP de Presidente Venceslau, no interior de São Paulo, é que a morte de Gegê tenha ocorrido em represália ao assassinato Edilson Borges Nogueira, o Biroska, que aconteceu em 5 dezembro na Penitenciária 2 de Presidente Venceslau. Ele possuía funções na Sintonia Final, cúpula da facção, e foi morto a golpes de estilete.

Outra possibilidade é que, na rua, Gegê estava ganhando mais poder do que os líderes presos do PCC desejavam. "Acredito que o Gegê tenha crescido demais e agiram para cortar essa liderança. Na rua, era o membro mais forte que o PCC tinha", disse o procurador de Justiça do MP paulista Márcio Sérgio Christino, que atuou em investigações contra o PCC na década de 1990 e nos anos 2000.

Ele é autor do livro Laços de Sangue, a história secreta do PCC, e diz que ações como essa permeiam a história da facção. "Quando isso acontece, a parte vencedora já tem tudo preparado. A morte não é o início de algum plano, é o final, a sua concretização", disse ao Estado neste domingo, 18.

Acreditava-se que Gegê estava comandando negócios do PCC atuando fora do País, principalmente na Bolívia e no Paraguai. “Essa é a hipótese mais provável. Ele não estava no Ceará, mas foi levado para lá”, disse Christino. Em fevereiro do ano passado, a Justiça expediu alvará de soltura em favor de Simone em razão da demora no julgamento de um caso de assassinato.

No mês seguinte, ele seria condenado a 47 anos, e desde então era considerado foragido. Ele respondia a pelo menos 11 processos por homicídio, formação de quadrilha e tráfico de drogas, entre outros crimes.

A soltura do acusado havia sido obtida porque em nenhum dos outros processos a que responde houve decreto anterior de prisão provisória. Antes da decisão no processo de Presidente Venceslau, a defesa de Gegê já havia conseguido reverter no Supremo Tribunal Federal (STF) a prisão relativa a outra acusação de homicídio, que foi cometido em 2004 na favela do Sapé, no Rio Pequeno, zona oeste de São Paulo. Ele, em parceria com Abel Pacheco de Andrade, o Vida Loka, são acusados de ordenar, por celular, um duplo homicídio.

Infância. O crescimento de Gegê no mundo do crime começou no bairro paulista da Vila Madalena. Criado na comunidade do Mangue, na zona sul de São Paulo, começou a carreira como traficante nos anos 90. Antes disso, frequentava os bares no reduto boêmio de São Paulo, e jogava bola no time do Mangue e participava até de torneios maiores, nos campos de várzea do Parque do Povo, na Avenida Cidade Jardim. A camisa era amarela, com uma folha de maconha desenhada, que depois passou a ser usada na antiga Casa de Detenção, no Carandiru.

A primeira prisão veio em 1995. Processado depois por formação de quadrilha - já como integrante do PCC -, acabou condenado a 6 anos de prisão. Quando foi solto pela última vez, no dia 2 de fevereiro do ano passado dias antes de ser condenado a 47 anos de prisão por duplo assassinato e formação de quadrilha , respondia mais 11 processos por homicídio, formação de quadrilha e tráfico de drogas, entre outros crimes.
Fonte: msn.com 

Tarde chuvosa faz rio transbordar no município de Ouro Branco

sábado, 17 de fevereiro de 2018

Segurança vai para o centro do debate eleitoral

SÃO PAULO - O debate sobre Segurança Pública no País está no centro do debate eleitoral. A escalada da violência, registrada por quase todos os Estados brasileiros e não só no Rio, levou os pré-candidatos a defenderem como prioridade zero o combate ao crime. As propostas vão desde a criação de ministério e agência de segurança, ao aumento dos recursos e o armamento da população.

O deputado fluminense Jair Bolsonaro (PSC), que é contra a intervenção, defende o fim do estatuto do desarmamento e a mudanças na lei de migração. Sobre a intervenção, declarou ao O Antagonista: "É uma intervenção decidida dentro de um gabinete, sem discussão com as Forças Armadas. Nosso lado não está satisfeito. Estamos aqui para servir à pátria, não para servir esse bando de vagabundos".

Na noite desta sexta-feira, 16, Bolsonaro publicou em suas redes sociais um vídeo em que, segundo ele, falta aos policiais civis, militares, federais e integrantes das Forças Armadas uma "retaguarda jurídica, o excludente de ilicitude em operação" para que, no futuro, não sejam eventualmente julgados por alguma ação que fizeram.

"Defendemos a intervenção, sim, mas não dessa forma, feita nos porões do Planalto, longe dos integrantes da Forças Armadas e longe da cúpula da Polícia Militar e Civil do Rio de Janeiro", disse. "Isso tudo me cheira a mais um remendo apenas e nós queremos algo sério", acrescentou. "A insegurança no Rio de Janeiro tem que ser combatida com energia ou, se for o caso, com mais violência ainda", declarou.

PM apreende dupla suspeita de tráfico de drogas em Currais Novos

Foto divulgação BLOG PM Currais Novos
Por volta das 15 horas dessa sexta-feira, 16/02, policiais militares da 3ª CIPM prenderam dois jovens identificados como Anderson Eloi de Oliveira, 27 anos, residente na praça 19 de março e Breno dos Santos Batista, 21 anos, residente na rua Estessel Augusto, ambas as ruas no bairro JK, Currais Novos, acusados de tráfico de drogas.
Com a dupla foi apreendido 30 gramas de maconha, R$-144 em dinheiro fracionado, 03 aparelhos celulares e muita embalagem plástica possivelmente usada para embalar entorpecente.
Os jovens foram encaminhados à Caicó para serem apresentados a polícia civil para os procedimentos de flagrante.
Por JJunior

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Criação de sistema único de Segurança ganha força no Congresso


Alberto Fraga (DEM-DF), relator do projeto que cria a Sinasp. Foto: Agência Câmara

Com a intervenção do Rio de Janeiro, ganha força no Congresso a pauta de segurança pública. Um dos projetos que está em estudo na Câmara dos Deputados é a criação do Sinasp, o Sistema Nacional de Segurança Pública, que integraria os trabalhos das polícias em todo o País.

Pelo projeto (PL 6662/2016), o sistema uniria as polícias federal (incluindo rodoviária e ferroviária), civis, militares, corpo de bombeiros militares, guardas municipais, agentes penitenciários, peritos e agentes de trânsito, que passariam a trabalhar em um único sistema, de forma “cooperativa, sistêmica e harmônica”.

De acordo com o relator do projeto, Alberto Fraga (DEM-DF), a pauta está alinhada com o momento atual, principalmente se sair do papel o Ministério de Segurança Pública:
— A ideia do presidente [da Câmara] Rodrigo Maia é colocar em votação o projeto que cria o sistema único de Segurança Pública que faria a padronização da segurança em todo o País, de procedimento, justificaria a criação do Ministério de Segurança Pública. O projeto criaria órgão federal para criar normas e padrões, hoje você tem uma torre de Babel, de polícias que não conversam entre si, briga disputa entre polícias.

O deputado explicou que o sistema não unificaria as carreiras policiais, mas procedimentos padronizados e um operador único. O projeto surgiu da comissão especial que tratava da Lei Orgânica da Segurança Pública.
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, disse a jornalistas na manhã desta sexta (16) que de fato a pauta de segurança ganhará força após a intervenção no Rio de Janeiro.

— Com a intervenção agenda da Segurança Pública passa a ter prioridade no Congresso Nacional. Há uma clareza da falência da segurança pública no Rio de Janeiro. O Congresso precisa pensar em leis mais duras contra tráfico de drogas e de armas. O debate da Previdência vai continuar, mas a intervenção restringe o calendário que já era difícil.

Maia, no entanto, negou que a pauta da segurança tenha o objetivo de tirar da pauta o complexo tema da Previdência.
— Ninguém colocaria esse tema para tirar outro, não há cortina de fumaça. Mas há antecipação da pauta de segurança, por conta do decreto.

Além do projeto que cria o Sinasp, Maia lembrou do projeto de lei de autoria do agora ministro do STF Alexandre de Moraes que endurece as leis para o tráfico de drogas.
Coluna do Fraga – R7

Em ações policiais, cadeirante com drogas, ladrões de carro e garupa armado com escopeta são presos em Natal

G1RN - A Polícia Militar do Rio Grande do Norte prendeu na noite desta quinta-feira (15) um cadeirante vendendo drogas na Zona Oeste de Natal e uma dupla de assaltantes dentro de um shopping da Zona Sul. Já em São José de Mipibu, na região metropolitana, policiais rodoviários federais perseguiram e prenderam o garupa de uma motocicleta que estava armado com uma escopeta calibre 12.

Cadeirante


De acordo com a Polícia Militar, o cadeirante tem 31 anos. Ele foi flagrado durante um patrulhamento feito pela Força Tática do 9º Batalhão na Comunidade do Alemão, no bairro Felipe Camarão, na Zona Oeste de Natal. Com ele foram apreendidas mais de 110 porções de drogas, entre pedras de crack e maconha, além de dinheiro fracionado e uma espingarda artesanal.

Ainda de acordo com a polícia, o suspeito é paraplégico e assumiu receber aposentadoria por invalidez. Ele disse que começou a vender drogas para ter uma segunda fonte de renda.
 
Suspeitos de assalto foram presos em um shopping da Zona Sul de Natal (Foto: PM/Divulgação)

Assaltantes em shopping

A dupla suspeita de assaltos foi detida com um carro roubado. O veículo, que pertence a um advogado, foi tomado em Lagoa Nova, bairro da Zona Leste. De acordo com a vítima, um dos assaltantes desceu de um veículo e apontou a arma para ele, exigindo o automóvel e objetos de valor.

A Polícia Militar foi acionada e começou a perseguição. Já a prisão, aconteceu no Natal Shopping, na Zona Sul. Dentro do carro usado pelos bandidos foram encontrados vários objetos roubados de outras vítimas e também uma pistola que pertence à Polícia Civil. Os dois suspeitos foram autuados por roubo e porte ilegal de arma de fogo.

Em nota, o Natal Shopping informou que acompanhou a ação da Polícia Militar na noite desta quinta-feira (15), oferecendo todo o suporte necessário, e que segue à disposição das autoridades para o esclarecimento dos fatos
Armas apreendidas com passageiro de mototaxista na Grande Natal (Foto: PRF/Divulgação)

Escopeta

A prisão feita pela PRF aconteceu durante fiscalização na BR-101, em São José de Mipibu. De acordo com os policiais, foram abordados um mototaxista e o passageiro. A arma foi encontrada dentro da mochila do garupa.

Ainda de acordo com a PRF, dentro da bolsa também foram apreendidos uma faca e munições de calibre 12. O homem foi levado à Central de Flagrantes, em Natal.

Governo federal decide decretar intervenção na segurança pública do RJ

Resultado de imagem para exercitoO presidente Michel Temer decidiu decretar intervenção na segurança pública no Estado do Rio de Janeiro. O decreto será publicado na manhã desta sexta-feira (16), segundo o presidente do Senado, Eunício Oliveira.

Com essa medida, as Forças Armadas assumem a responsabilidade do comando das Polícias Civil e Militar no estado do Rio. A decisão ainda terá que passar pelo Congresso Nacional.

Durante a intervenção, a Constituição Federal não pode ser alterada, o que pode afetar o andamento a reforma da Previdência, que é uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) e tem votação marcada para a semana que vem.

A decisão foi tomada após reunião de emergência no Palácio da Alvorada, na noite de quinta-feira (15). A intervenção na segurança teve a anuência do governador Luiz Fernando Pezão.

Temer designou também que o General Walter Souza Braga Neto, do Comando Militar do Leste, será o interventor. Ele foi um dos responsáveis pela segurança durante a Olimpíada do Rio, em 2016.

O Congresso Nacional será convocado para apreciar o decreto, como prevê a Constituição. Cabe agora ao presidente do Congresso, Eunício Oliveira, convocar em até 10 dias a sessão para que Câmara e Senado aprovem ou rejeitem a intervenção. 

Fonte:G1

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

PM RECUPERA MOTO ROUBADA EM CURRAIS NOVOS

POR VOLTA DAS 09h20min DESSA QUINTA-FEIRA, 15/02, POLICIAIS MILITARES DA RÁDIO PATRULHA APREENDERAM UMA MOTOCICLETA HONDA BROS DA COR PRETA, QUE HAVIA SIDO ROUBADA NO MUNICÍPIO DE BARCELONA/RN. A GUARNIÇÃO RECEBEU A INFORMAÇÃO DE FORMA ANÔNIMA E RESOLVEU AVERIGUAR. 

UM JOVEM IDENTIFICADO COMO JOÃO PAULO TAVARES DA SILVA, 28 ANOS, NATURAL DE CATINGUEIRA/PB, RESIDENTE NA RUA JOÃO BENTO DE SOUZA, CURRAIS NOVOS, SE APRESENTOU COMO DONO DA MOTO E FOI PRESO. ELE ESTÁ SENDO OUVIDO NESSE MOMENTO PELO DELEGADO Dr. PAULO FERREIRA E A PRINCÍPIO DISSE NÃO LEMBRAR A PESSOA DE QUEM TERIA COMPRADO. O MESMO DEVERÁ RESPONDER POR RECEPTAÇÃO.

MAIS UMA VEZ DENÚNCIAS ORIUNDAS DA POPULAÇÃO AJUDARAM A RECUPERAR ESSE VEÍCULO. 

DENUNCIE UNIDOS SOMOS MAIS FORTES NO COMBATE A CRIMINALIDADE.

PARABÉNS AOS GUERREIROS.

A POLÍCIA CIVIL DARÁ CONTINUIDADE NAS INVESTIGAÇÕES E OUTRAS PESSOAS PODERÃO SER INTIMADAS PARA ESCLARECER ESSA OCORRÊNCIA.

POR J JÚNIOR

‘Atiraram para matar’, diz o forrozeiro Waldonys após assalto com arrastão

O músico cearense Waldonys foi assaltado no começo da tarde desta quarta-feira, 14, no Porto das Dunas, em Aquiraz. Ele estava com os dois filhos e dois amigos dos filhos quando o carro foi interceptado por uma quadrilha armada e teve pertences roubados.

O assalto ocorreu às 12h30min, na CE-025. De acordo com Waldonys, uma viatura e duas motos da Polícia Rodoviária Estadual (PRE) chegaram em menos de três minutos para atender a ocorrência. Após ter o veículo interceptado, celulares e outros itens roubados, um dos criminosos jogou a chave do carro de Waldonys no mar.

"Eu estava vindo embora hoje, e o trânsito tava um pouco lento. Estava em uma subida íngreme quando os carros deram uma parada e eu ouvi o primeiro disparo", relata o cantor. "Tinha dois carros na minha frente. Na hora, pensei que era assalto, mas não imaginei que seria a bola da vez".

Waldonys diz que tentou dar a ré no veículo, mas o motorista que estava na traseira "não entendeu" o recado. "Ele ficou buzinando, não deu espaço", continua. Ao perceber que seria mais uma vítima, Waldonys orientou os filhos e os amigos a ficaram de mãos para cima e entregar os pertences.

"Os carros que estavam na frente saíram e o grupo deu outro tiro. Alvejou um dos carros. Nessa hora, fiquei traumatizado. Nunca tinha visto algo assim. Eles atiraram para matar", conta.

"Eu fiquei na linha de tiro, né? Só puxei o freio e levantei as mãos. O cara virou a arma para a minha porta e disse: 'Desce, abre a porta e desce'. E eu só: 'Calma, calma'".

Jovem envolvido
O cantor relatou que cinco pessoas formavam o grupo criminoso. Dessas, uma chamou mais atenção. "Havia um menino. Eu fiquei impressionado porque ele era muito novo. Parecia ter uns 10 anos", diz. "Ele tava lá participando. Pegou o relógio do meu filho e falava que queria mais".

Um dos itens roubados foi um escapulário que Waldonys ganhou da mãe há muitos anos. "Eu estava sem nada no bolso. Pediram meu cordão e eu falei pra eles puxarem. Eles falaram que não queria cordão quebrado, queriam que eu tirasse inteiro", diz o cearense.

Ainda conforme o músico, a polícia chegou a perseguir os criminosos, que entraram em um matagal, e realizaram disparos. Waldonys ainda não havia registrado Boletim de Ocorrência às 14h45min desta terça. "Ainda não. Estou criando coragem para almoçar".

SSPDS
Em nota, a Secretaria de Segurança Pública do Estado do Ceará (SSPDS) informou que sete indivíduos estavam bloqueando a passagem dos veículos na CE-025, em Aquiraz - Área Integrada de Segurança 13 (AIS 13) e praticando assaltos no começo desta tarde. O órgão informou que investigações serão realizadas para a captura dos responsáveis pelos crimes.


O POVO Online

Preso foge de hospital em santa cruz enquanto aguardava atendimento


Por volta das 00h30min de ontem, 14/02, a central de rádio da polícia militar da 4ª CIPM em Santa Cruz, foi acionada por um agente da Polícia Civil que solicitou apoio para capturar o preso Joalisson de Azevedo Santos Lima, que alegou está passando mal, e fugiu quando aguardava atendimento médico no hospital de Santa Cruz.
Joalisson havia sido preso no dia 20/07/2015 com drogas em um circo naquela cidade.
Diligências foram realizadas em toda área, porém o apenado não havia sido localizado até o momento dessa matéria.

Qualquer informação que ajude a encontrá-lo pode ser repassado para 190.
Por J.Júnior, com informações da PM