sexta-feira, 16 de junho de 2017

Polícia Civil prende mais um seridoense por comércio clandestino de gás GLP

Dando prosseguimento ao trabalho de combate ao comércio clandestino de gás GLP (gás de cozinha), a Polícia Civil de Parelhas realizou uma operação na cidade de Ouro Branco e prendeu um comerciante que revendia GLP sem a devida autorização dos órgãos de fiscalização, além disso o local era inapropriado e sem a devida legalização do poder público.

A operação em Ouro Branco aconteceu na última sexta-feira, 09, dois dias após uma outra operação ter apreendido uma carga de GLP na cidade de Jucurutu, onde dois suspeitos do mesmo crime foram presos. De acordo com a polícia, em Ouro Branco o comerciante preso vai responder penalmente pela comercialização ilegal do gás liquefeito de petróleo (GLP).

Pastor, como é conhecido em Ouro Branco, foi apresentado à autoridade da Polícia Judiciária em Parelhas, onde ficou à disposição. Operações policiais para coibir a revenda clandestina de gás de cozinha vão continuar em todo o Seridó. São vários comércios envolvidos com o esquema, e a Polícia Civil está trabalhando para chegar ao líder, que envolve o RN e a PB.
Jair Sampaio

Nenhum comentário:

Postar um comentário