quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Juiz condena membros de facção que combinavam assaltos em Natal pelo WhatsApp


Iranilson dos Santos Silva vulgo Cicinho
Fotos: Arquivo do blog PM Currais Novos


CLIQUE AQUI E VEJA A MATÉRIA DA PRISÃO EM CURRAIS NOVOS
O juiz Marcus Vinícius Pereira Júnior, da 1ª Vara da Comarca de Currais Novos, condenou quatro integrantes de uma facção criminosa atuante no Rio Grande do Norte que organizavam assaltos por meio de um grupo de WhatsApp. O grupo, ainda segundo o magistrado, era mantido especialmente para tal propósito. As penas, que variam de 14 a 16 anos de prisão, foram impostas em razão de um roubo ocorrido em 2017 no bairro de Lagoa Nova, na Zona Sul de Natal.
A assessoria de comunicação do TJRN divulgou que os quatro condenados são integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC). Um deles, Iranilson dos Santos Silva, o ‘Cicinho’, foi apontado como um dos chefes da facção. Ele também é considerado de alta periculosidade.
Penalidades
Iranilson dos Santos Silva: condenado a 16 anos e três meses de reclusão e 195 dias-multa
Jefferson Rodrigo do Nascimento: condenado a 15 anos, um mês e quinze dias de reclusão e 181,5 dias-multa
Francisco Jadson Silva de Brito: 14 anos de reclusão e 168 dias-multa
Rosivânia da Silva Nascimento: 14 anos de reclusão e 168 dias-multa
As penas são pelos crimes de roubo com uso de violência ou ameaça exercida com emprego de arma e em concurso de duas ou mais pessoas, além do crime de associação criminosa com utilização de arma e participação de criança ou adolescente, já que uma quinta pessoa, também integrante da quadrilha, tem 17 anos.
G1/RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário