sábado, 28 de julho de 2018

147º_148º Homicídios em Mossoró 2018: Duas irmãs foram mortas e a mãe baleada durante ataque a tiros no Alto da Conceição

O duplo homicídio, aconteceu por volta das 22h50min no primeiro andar de um apartamento localizado na Rua Tiradentes,em frente a Praça da Igreja no Alto da Conceição em Mossoró no Oeste do Rio Grande do Norte.

Sheylla mendonça estava grávida de oito meses
Duas irmãs, identificadas como Sheylla Mendonça Bezerra de 19 anos, (grávida de 8 meses) e Samira Mendonça Bezerra de 23 anos, foram assassinadas dentro do apartamento onde moravam com a mãe Sônia Maria de mendonça.

De acordo com informações repassadas pela Polícia, o principal suspeito do crime é o pai da criança que estava na barriga de Sheylla, que teria entrado no apartamento, em compan hia de um outro homen e matado a mãe de seu filho, a ex- cunhada e baleado a ex-nora.

Samira foi morta enquanto dormia no quarto
De acordo com o perito criminal do Itep, Renildo Marcelino, as duas irmãs foram atingidas com um tiro cada uma, sendo que Sheyla que estava grávida sofreu um disparo na cabeça e morreu na sala do apartamento e sua irmã Samira, foi morta enquanto dormia no quarto, também com um tiro na cabeça.

Sônia Maria, foi baleada de raspão na cabeça e socorrida pelo Samu para o Hospital Regional Tarcísio Maia e aparentemente não corre risco de morrer. Os médicos e a equipe de socorristas do Samu, com auxilio do Policial Militar, Lira, conseguiram retirar o bebê da barriga da mãe, através de cesariana no local.

O bebê, ao ser retirado da barriga da mãe, apresentou uma parada cardíaca, foi reanimado, entubado e levado para a Maternidade Almeida Castro, mas infelizmente não resistiu e morreu.
Após os procedimentos de perícia no local do crime, os corpos das irmãs, foram recolhidos e encaminhados ao Instituto de medicina legado do ITEP para serem necropsiados e depois liberados para sepultamento.
Sônia Maria, mãe de Sheylla e Samira foi baleada de raspão na cabeça.
A Polícia fala em crime passional, mas ainda não há uma confirmação oficial sobre a real motivação do duplo homicídios. O caso deverá ser investigado pela Delegacia da Mulher, sob a coordenação da Dra. Christiane Magalhões. Mossoró chega aos 148 homicídios em 2018.
Fonte: Blog Fim da Linha

Nenhum comentário:

Postar um comentário