sábado, 29 de setembro de 2018

Ciro Gomes diz que disputa a 'última eleição' e que 'não é mais possível' apoiar o PT

Em entrevista a rádio do RS, presidenciável do PDT também afirmou que PT virou 'organização odienta de poder' e chamou de 'fascista' eleitor que 'insiste em votar' em Bolsonaro.

O candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes, afirmou nesta sexta-feira (28) que, caso não vença a disputa pelo Palácio do Planalto, esta terá sido sua última eleição. Ex-prefeito de Fortaleza, ex-governador do Ceará e ex-deputado, Ciro Gomes está em sua terceira tentativa de chegar à Presidência.

Ele já havia concorrido ao Planalto nas eleições de 1998 e 2002, mas acabou derrotado pelos ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva, respectivamente.

"Vou disputar a minha última eleição. Por isso, vou ter que lutar como um obstinado até as 17h do dia 7 de outubro", declarou Ciro em entrevista à Rádio Guaíba, do Rio Grande do Sul.

Nenhum comentário:

Postar um comentário