terça-feira, 27 de novembro de 2018

MPF pede rejeição das contas da deputada eleita Natália Bonavides

A Procuradora Regional Eleitoral, Cibele Benevides, opinou pela rejeição das contas de campanha da vereadora Natália Bonavides, eleita deputada federal pelo Rio Grande do Norte para o mandato de 2019 a 2022. Ela seguiu a mesma manifestação da Comissão de Análise de Contas Eleitorais do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) que identificou irregularidades na prestação de contas da candidata que é vereadora de Natal.

“Face o recebimento de recursos financeiros de pessoas desempregadas e beneficiárias de programa assistencial, bem coo de bem estimável em dinheiro de pessoa já falada, determinei a extração de cópia dos presentes autos e sua posterior distribuição a um dos Procuradores Eleitorais Auxiliares, bem como a requisição de inquérito policial”, concluiu a procuradora.

A comissão do TRE que já tinha opinado pela desaprovação das contas de Natália, na última quinta-feira (22) por entender que ela recebeu uma série de doações supostamente irregulares. Bonavides foi a segunda candidata a deputada federal mais votada nas eleições 2018 no RN, com quase 113 mil votos. A assessoria da vereadora foi procurada, mas ainda não retornou com um posicionamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário