segunda-feira, 7 de janeiro de 2019

Governadora do RN anuncia parcelamento de salários, mas sem data para folhas atrasadas

Fátima Bezerra apresentou proposta a representantes de sindicatos no início da tarde desta segunda (7). Governo prevê pagar 30% dos salários de janeiro no próximo dia 10 e completar folha até o dia 31.
G1RN - A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), apresentou aos dirigentes de sindicatos que representam servidores estaduais, no início da tarde desta segunda-feira (7), um calendário para pagamento da folha de salários. A proposta do governo é depositar, até o próximo dia 10, linearmente, 30% dos salários de janeiro, e completar o vencimento com os outros 70% no fim do mês. O mesmo aconteceria nos meses seguintes.

Porém, o governo não anunciou como fará para colocar em dia outras quatro folhas que estão em atraso. O governo deve os salários de novembro para quem ganha acima de R$ 5 mil, o salário de dezembro de todos os servidores, além de parte do 13º de 2017 e o 13º de 2018. Segundo o próprio Executivo, eles somam quase R$ 1 bilhão.

A proposta não agradou os sindicatos, que prometem debater a situação com as categorias. "Não sei como as bases do sindicato irão reagir. A proposta é muito dura para o servidor", disse Nilton Arruda, presidente do Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol).

"Nós não somos funcionários de gestão, somos servidores do estado", criticou Janeayre Souto, do Sindicato dos Servidores da Administração Direta (Sinsp), considerando que o governo não levou em conta a "impessoalidade da gestão". Para ela, o novo governo tem que se responsabilizar pela dívida que recebeu da administração anterior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário