segunda-feira, 2 de dezembro de 2019

198ª Morte violenta em Mossoró 2019: Preso de justiça monitorado por tornozeleira eletrônica morre em confronto da PM no Alto São Manoel

O preso de justiça em liberdade, monitorado por tornozeleira eletrônica, Eduardo de Oliveira Félix, morreu na noite deste domingo 01 de dezembro de 2019, durante uma abordagem da Polícia Militar em Mossoró, região Oeste do Rio Grande do Norte.

Segundo informações, o apenado em companhia de um comparsa, teriam praticado um assalto contra uma agente penitenciário estadual do Ceará, no início da noite, onde levaram a arma e alguns objetos do agente de segurança.

A Polícia Militar recebeu informações de que a dupla estaria na Rua Primeiro de Maio, no Alto São Manoel e foi até o local para abordar os suspeitos, mas a guarnição foi recebida a bala. Houve revide e durante o confronto, o preso de justiça Eduardo de Oliveira Félix acabou sendo baleado enquanto que o outro suspeito conseguiu fugir do cerco policial.

O apenado ainda chegou a ser socorrido pelos próprios policiais, para o Hospital Tarcísio Maia,porém não resistiu e morreu ao dar entrada na unidade hospitalar. O corpo do preso de justiça será encaminhado para ser necropsiado no ITEP e depois será liberado para a familia providenciar o enterro.

Eduardo de Oliveira Félix era morador da região do Pantanal, no Alto da conceição e foi condenado a 7 anos, 5 meses e 18 dias de prisão por crime de roubo (artigo 157), em regime fechado, mas estava em liberdade, monitorado por tornozeleira eletrônica.

A Polícia Militar, realiza diligências no sentido de localizar e prender o outro suspeito que conseguiu fugir do cerco durante o confronto com os policiais.
Fonte: Fim da Linha

Nenhum comentário:

Postar um comentário