sexta-feira, 13 de dezembro de 2019

Policiais Penais do RN aceitam proposta do governo, encerram paralisação e serviços voltam a funcionar nas unidades prisionais

Policiais Penais do Rio Grande do Norte que estavam com parte de suas atividades paralisadas desde o último dia 04, se reuniram em assembléia na capital do estado, nesta quinta feira (12), onde decidiram aceitar a proposta do governo e acabar com a paralisação.

De acordo com a presidente do Sindasp, Vilma Batista, a categoria aceitou a proposta do governo de um percentual de 26%, que será parcelado em duas vezes, mantido os 5% entre as letras.

Além disso, a proposta vai diminuir o tempo de serviço de 28 para 25 anos, bem como garantir a regulamentação das funções de chefias e grupos especiais, diretores, e criar suas gratificações, além de outras vantagens que estão dentro da reforma estatutária.

A sindicalista explica que todos os detalhes da negociação e do que foi aceito pela categoria serão apresentados diretamente aos policiais penais em visitas que serão feitas pela diretoria do Sindasp-RN nas unidades prisionais do estado.

Com o fim do movimento, tudo volta a funcionar nos presídios do estado, inclusive as escoltas e as visitas sociais de familiares aos presos nas unidades prisionais, que estavam suspensas por causa da paralisação.
Fonte: Fim da Linha