sexta-feira, 7 de fevereiro de 2020

Secretaria da Administração Penitenciária leva a operação "Tolerância Zero" a cidades da região Oeste Potiguar

A Secretaria da Administração Penitenciária (Seap) realizou nesta quinta-feira 6 de fevereiro de 2020, a terceira fase da Operação Tolerância Zero para fiscalizar o uso de tornozeleiras eletrônicas por apenados do regime semi-aberto. A operação aconteceu de forma simultânea nas cidades de Apodi, Caraúbas e Umarizal, na Região Oeste do Rio Grande do Norte, uma semana depois da ação ter sido realizada em Mossoró e Areia Branca. 

A Seap mobilizou 57 policiais penais para a operação em campo e mais 11 operadores no Centro de Operações de Segurança Pública (Ciops). O objetivo é fiscalizar 25 internos que usam tornozeleiras eletrônicas, podendo evoluir para outros alvos de acordo com o andamento dos trabalhos. 

Segundo o secretário da Administração Penitenciária, Pedro Florêncio Filho, parte da operação foi realizada na Zona Rural dos municípios. . Os policiais penais verificam se os apenados estão cumprindo a determinação judicial com as regras para o uso da tornozeleira. 

A operação foi deflagrada sob o comando do secretário Pedro Florêncio e ocorreu com anuência do juiz da 2ª Vara de Apodi, Antônio Borja de Almeida Júnior, responsável pela execução penal na comarca. "Numa operação dessa magnitude, o Estado demonstra sua presença ao apenado e faz com que ele compreenda e siga a risca o compromisso e a determinação do Poder Judiciário", disse o magistrado.

Segundo o secretário Pedro Florêncio, todo efetivo empregado foi extra, composto por policiais penais voluntários e remunerados com diárias operacionais. A rotina de segurança das unidades prisionais não foi alterada. O Rio Grande do Norte tem atualmente cerca de 1.450 tornozeleiras eletrônicas ativas e está adquirindo outras 3 mil. Na região Oeste do Estado são 420 presos monitorados.
Fonte: Fim da Linha

Nenhum comentário:

Postar um comentário