quarta-feira, 25 de março de 2020

'Se Bolsonaro não calar estará preparando o fim', diz FHC sobre pronunciamento

© Gabriela Biló/Estadão O ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso
O ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso (PSDB), juntou sua voz na noite desta terça-feira, dia 24, aos demais críticos do atual detentor do cargo máximo do Poder Executivo, Jair Bolsonaro, em resposta ao pronunciamento oficial sobre o novo coronavírus. Em sua fala, o mandatário voltou a falar em "histeria" em torno da pandemia e criticou o fechamento de escolas, entre outras medidas adotadas por governos e municípios.

"Eu não ia voltar ao tema, mas o Pr (presidente da República) repetiu opiniões desastradas sobre a pandemia", escreveu Fernando Henrique em sua conta do Twitter. "O momento é grave, não cabe politizar, mas opor-se aos infectologistas passa dos limites", acrescentou.

O tucano ainda ainda deixou implícita a possibilidade de Bolsonaro cair do cargo se não abandonar as declarações que minimizam o risco do coronavírus. "Se não calar estará preparando o fim. E é melhor o dele que de todo o povo. Melhor é que se emende e cale", concluiu.
Fonte: Estadão

Nenhum comentário:

Postar um comentário