quinta-feira, 9 de abril de 2020

Distribuição gratuita de peixes gera longas filas e aglomeração de pessoas em Natal

Ação beneficente ocorreu na manhã desta quinta-feira (9) em Mãe Luiza.
G1RN - Uma ação beneficente de entrega de peixe durante a semana santa gerou vários pontos de aglomerações, na manhã desta quinta-feira (9) em Mãe Luiza, bairro da Zona Leste de Natal. Evitar aglomerações é uma das principais recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) para conter a disseminação do novo coronavírus (Covid-19).

Os cerca de dois mil quilos de pescado foram doados por uma empresa, que mantém a ação desde 2011 na região. A distribuição foi coordenada pelo padre Robério Camilo da Silva e aconteceu em quatro pontos do bairro (500 quilos em cada): Escola Espaço Livre; Casa do Bem; Escola de Surf e Capela Nossa Senhora Aparecida. Todos registraram aglomerações.

"Nesse ano a gente nem divulgou que ia fazer a distribuição já para evitar concentração de pessoas, mas não teve jeito. Orientamos para que as pessoas respeitassem o distanciamento mínimo para evitar o contágio por esse vírus, mas nem todo mundo fazia isso. Tínhamos que fazer essa ação para evitar que o peixe ficasse ruim e infelizmente aconteceram essas aglomerações", destacou o padre Robério Camilo.

Apesar das orientações, grandes filas se formaram nos quatro pontos de distribuição do peixe com a presença inclusive de pessoas idosas, que fazem parte do grupo de risco da Covid-19.