sábado, 27 de junho de 2020

Ministério da Justiça e Segurança Pública promove 1º leilão com veículos apreendidos do tráfico no RN

Carros, motos, caminhões e sucatas estão à venda e lances podem ser dados de forma online. Leilão segue até dia 30 de junho.
O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) abriu o primeiro leilão de bens apreendidos do tráfico de drogas no Rio Grande do Norte, que acontece de forma online até o dia 30 de junho. Entre os itens leiloados, estão carros, motos, caminhões e sucatas.

Os lances do leilão são dados de forma online e os itens podem ser conferidos também pela internet (clique AQUI). Quem adquirir o bem em leilão estará isento de multas e eventuais encargos anteriores à compra, segundo o MJSP.

Além dos veículos presentes no atual leilão, em 2020 a previsão é que sejam leiloados imóveis urbanos e rurais, celulares, eletrônicos, joias e outros itens.

Segundo o MJSP, desde outubro passado a Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad) tem atuado na venda de artigos apreendidos em operações policiais. De acordo com Giovanni Magliano, diretor de gestão de ativos do Senad, a ideia é realizar leilões periódicos em todos os estados;

“Dessa forma, vamos viabilizar a arrecadação de mais recursos para o Fundo Nacional Antidrogas e diminuir os gastos com aluguel de pátios para o armazenamento entre outros custos com a manutenção desse patrimônio”, falou.

De acordo com o Ministério da Justiça e da Segurança Pública, mais de R$ 12 milhões foram arrecadados desde outubro. Ao todo, foram 30 leilões e mais de 1.300 itens vendidos. Todo o valor arrecadado é destinado ao Fundo Nacional Antidrogas, que financia ações de prevenção e de combate às drogas. Desse total, até 40% vai para as forças policiais do estado que apreendeu o patrimônio, para investimentos em estrutura e equipamentos.
Por G1 RN