quinta-feira, 9 de julho de 2020

Presidente do STJ manda Queiroz para prisão domiciliar

Foto: Reprodução
Presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha, concedeu na tarde desta quinta-feira (9/7) prisão domiciliar a Fabrício Queiroz, ex-assessor do hoje senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ).

Queiroz foi preso na manhã do último dia 18 de junho, em Atibaia (SP), na região do Vale do Paraíba, em um imóvel do advogado da família Bolsonaro, Frederick Wassef.

A prisão ocorreu na Operação Anjo, do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) em conjunto com a Polícia Civil e o Ministério Público de São Paulo (MPSP). Muito próximo da família Bolsonaro, o ex-PM é investigado por participação em esquema de “rachadinha” na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), quando Flávio era deputado estadual.Mais informações em instantes em VEJA.