segunda-feira, 31 de agosto de 2020

Feirante é preso em Natal suspeito de envolvimento na morte de policial civil

Crime aconteceu no dia 28 de junho de 2018, quando o policial civil Newton Brasil de Araújo Júnior, de 38 anos, tentava evitar um assalto na Zona Sul de Natal.

Por G1RN
Um feirante foi preso na feira da Cidade da Esperança, na manhã deste domingo (30), durante uma operação da Polícia Civil em Natal. O feirante é suspeito de ser o autor dos disparos que mataram o policial civil Newton Brasil de Araújo Júnior, de 38 anos. O crime aconteceu no dia 28 de junho de 2018 quando o policial tentava impedir um assalto na Zona Sul de Natal.

O suspeito foi detido na banca onde trabalha como feirante. Ele foi conduzido à delegacia e encaminhado ao sistema prisional, onde ficará à disposição da Justiça. A “Operação Brasil”, cumpriu o mandado de prisão temporária e mais seis mandados de busca e apreensão.

Os mandados de busca foram realizadas em imóveis localizados nos bairros Bom Pastor e Felipe Camarão, relacionados ao suspeito, porém não houve material apreendido.
A ação foi coordenada por policiais civis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), com apoio da Delegacia Especializada de Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (DEPROV) e da 5ª Delegacia Distrital de Natal.

De acordo com as investigações, na madrugada do dia 28 de junho de 2018, no bairro Lagoa Nova, o policial estava a caminho da delegacia com o colega de trabalho para devolver a viatura quando visualizou dois criminosos assaltando um casal. Com objetivo de impedir o roubo, o policial trocou tiros com os dois homens, quando foi atingido. Ele foi socorrido ao Pronto Socorro Clóvis Sarinho, mas não resistiu.

A arma utilizada pelo suspeito seria de fabricação caseira. O outro suspeito de envolvimento no crime já havia sido preso pela DHPP, no dia 02 de julho de 2019. A prisão aconteceu em uma distribuidora de alimentos, localizada no bairro de Lagoa Nova.