sexta-feira, 14 de agosto de 2020

Operação conjunta das Polícias Civil e Militar resulta em prisões e apreensões de ilícitos em Assu no RN

Ainda era madrugada do dia de hoje, 13 de agosto de 2020, quando a equipe de policiais civis de Assu, sob o comando do delegado Bel. Paulo Pereira Junior, em conjunto com a Polícia Militar do 10º BPM, comandada pelo Major Maximiliano, bem como com diversas equipes de várias delegacias de Polícia Civil e da Polícia Militar de todo o Estado do Rio Grande do Norte, reuniram-se a fim de deflagrar a OPERAÇÃO TAPA BURACO.

A operação em questão ocorreu em vários bairros da CAPITAL DO VALE e foi desencadeada a fim de combater e coibir diversos crimes na cidade, tais como tráfico de drogas, homicídio e roubo, dentre outros. Para tanto foi utilizado, inclusive, o cão farejador da Polícia Civil.

Na ocasião cerca de 14(quatorze) pessoas foram conduzidas à unidade de Polícia Civil de Assu, em flagrante delito, e/ou provenientes de mandados de busca e apreensão, assim como em cumprimento de mandados de prisões, expedidos pela 3º vara criminal da comarca de Assu-RN. Foram presas 08(oito) pessoas:

ANA CRISTINA DA SILVA URBANO, pelo crime de tráfico de drogas. EMERSON MATHEUS FAUSTINO DANTAS, pelo crime de tráfico de drogas; FRANCISCO BERNARDO DE OLIVEIRA FILHO, vulgo BERNARDINHO, pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas, posse de arma de fogo, Receptação e crime ambiental;

FRANCISCO NUNES DA SILVA, vulgo FRANCISCO GORDINHO, pelo crime de tráfico de drogas; MATHEUS CARLOS MORAIS DE SENA, pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico de drogas, posse de arma de fogo, Receptação e crime ambiental;

RENATO CARLOS DE AZEVEDO, vulgo BOB ESPONJA, pelos crimes de posse ilegal de arma de fogo e crime ambiental, além de ser suspeito de participação, juntamente com outros indivíduos, do assassinato de CACHORRO D'ÁGUA; E RODRIGO PEREIRA DA SILVA, vulgo RODRIGO 157, pelos crimes de tentativa de homicídio e roubo. Uma outra pessoa foi presa posse ilegal de arma de fogo e sendo liberado após pagamento de fiança.

Os presos foram encaminhados à Cadeia Pública de Mossoró, enquanto que a presa foi para o Complexo Agrícola Mário Negócio, também na capital do oeste potiguar, onde ficarão à disposição do sistema penitenciário estadual.

A Polícia Civil de Assu-RN solicita à população que caso tenha alguma informação que leve à prisão de delinquentes entre em contato através do seu disque denúncia, pelo telefone n° (84) 99992-2122, e garante o sigilo da sua identidade. (Focoelho)