quinta-feira, 15 de outubro de 2020

Barroso determina afastamento de senador, que escondeu dinheiro na cueca, por 90 dias

Barroso determina afastamento de senador, que escondeu dinheiro na cueca, por 90 dias
Foto: Reprodução/Facebook

O ministro Luís Roberto Barroso, do STF (Supremo Tribunal Federal), determinou nesta 5ª feira (15.out.2020) o afastamento do senador Chico Rodrigues (DEM-RR) por 90 dias. O caso foi encaminhado ao Senado, a quem cabe definir se o congressista deixa o cargo ou não. (Eis a íntegra da decisão aqui).

Rodrigues foi 1 dos alvos da operação deflagrada para investigar desvios de recursos destinados à Secretaria de Saúde de Roraima para o combate à pandemia. A ação teve a autorização de Barroso. Os agentes federais flagraram o congressista com dinheiro escondido na cueca.

Na decisão, o ministro apontou a “gravidade concreta” do caso, que exige o afastamento para evitar que o senador use o cargo para dificultar as investigações.

“A gravidade concreta dos delitos investigados também indica a necessidade de garantia da ordem pública: o senador estaria se valendo de sua função parlamentar para desviar dinheiro destinado ao enfrentamento da maior pandemia dos últimos 100 anos, num momento de severa escassez de recursos públicos e em que o país já conta com mais de 150 mil mortos em decorrência da doença”, afirma o ministro.

JUSTIÇA POTIGUAR