quinta-feira, 29 de outubro de 2020

Familiares fecham avenida em protesto por desaparecimento de criança de 8 anos em Natal

José Carlos foi visto pela última vez no dia 21 de outubro, na Redinha. Família quer chamar atenção de autoridades em relação ao caso.

Por G1 RN

Parentes, amigos e conhecidos do menino José Carlos, de 8 anos, fizeram uma manifestação na tarde desta quarta-feira (28) na Avenida João Medeiros Filho, na Zona Norte de Natal, para protestar contra o desaparecimento dele. A criança foi vista pela última vez no dia 21 de outubro.

Eles fecharam um lado da pista no cruzamento com a avenida Moema Tinoco durante uma hora e exibiram cartazes para chamar a atenção de quem passava pelo local e criticar a atuação das autoridades públicas no caso.

"O intuito maior desse nosso protesto é chamar a atenção das autoridades que não estão vindo atrás de achar a criança. Estamos pedindo apoio dos bombeiros e da polícia. Nós quem estamos fazendo tudo, entrando em mangues e no lamaçal para procurar a criança", disse Matheus, familiar da criança.
Protesto aconteceu no fim da tarde desta quarta-feira — Foto: Sara Cardoso/Inter TV Cabugi

José Carlos segue desaparecido. Ele foi visto pela última vez próximo ao Rio Doce, na Redinha, Zona Norte. De acordo com a mãe, Ozenilda das Dores da Silva, de 36 anos, a criança foi levar suco para o irmão que estava trabalhando no semáforo exatamente do cruzamento onde aconteceu o protesto.

Testemunhas que viram José Carlos afirmaram que ele estava andando por um caminho próximo a um matagal.