segunda-feira, 14 de dezembro de 2020

Requião explica o frustrado golpe de Maia contra o presidente Bolsonaro

O ex-senador Roberto Requião (MDB-PR) acredita que havia um golpe parlamentar em curso para derrubar o presidente Jair Bolsonaro.

Segundo a tese do emedebista paranaense, o establishment tentou reeleger Rodrigo Maia (DEM-RJ) para um terceiro mandato na Câmara. O passo seguinte, analisa Requião, seria cassar no TSE a chapa Bolsonaro-Mourão e empossar o “Botafogo” [apelido dado pela Lava Jato ao parlamentar].

O artigo 81 da Constituição Federal, parágrafo primeiro, diz que ocorrendo a vacância nos últimos dois anos do período presidencial, a eleição para ambos os cargos [presidente e vice] será feita trinta dias pelo Congresso Nacional.

De acordo com Requião, o golpe deu ruim. Ele acredita que o establishment sonhava com Brasil sem as palhaçadas do Bolsonaro, mas com o entreguismo absoluto de Maia.

“Entenda o golpe. Garantir a reeleição da Câmara e do Senado. Em seguida o TSE cassava chapa Bolsonaro/Mourão. Então reeleito, presidente da Câmara, o Botafogo, assumia. Brasil sem as palhaçadas do Bolsonaro mas com o entreguismo absoluto do Maia. Deu ruim! Boom!”, escreveu Requião.
Fonte:Blog do Esmael