terça-feira, 9 de fevereiro de 2021

Natal tem a gasolina mais cara entre as capitais do Nordeste e a terceira do Brasil, diz ANP

Levantamento semanal da Agência Nacional de Petróleo indica preço médio de R$ 5,13 entre 31 de janeiro a 6 de fevereiro. Apenas Rio Branco e Rio de Janeiro tem preços maiores no país.
Por G1 RN
Natal teve a gasolina mais cara entre as capitais do Nordeste e a terceira do Brasil na semana entre os dias 31 de janeiro a 6 de fevereiro.

Os dados estão no levantamento semanal de preços de combustíveis da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), que foi divulgado nesta segunda-feira (8).

O preço médio em que a gasolina foi vendida nos postos de combustíveis da capital potiguar neste período foi de R$ 5,13. Em todo o Brasil, apenas as capitais Rio Branco (AC), com R$ 5,25, e Rio de Janeiro (RJ), com R$ 5,17, tiveram preços superiores.

No Nordeste, o segundo preço mais caro foi em Fortaleza (CE), com R$ 4,97 e Recife (PE), com preço médio de R$ 4,95.

A capital nordestina com preço mais baixo é João Pessoa (PB), com R$ 4,71. No Brasil, o preço médio mais baixo é em Macapá (AP), a R$ 4,12.

Gasolinas nas capitais

Rio Branco - R$ 5,25
Rio de Janeiro - R$ 5,17
Natal - R$ 5,13
Palmas - R$ 5,05
Fortaleza - R$ 4,97
Porto Velho - R$ 4,97
Brasília - R$ 4,96
Recife - R$ 4,95
Goiânia - R$ 4,93
Teresina - R$ 4,92
Salvador - R$ 4,91
Maceió - R$ 4,89
Campo Grande - R$ 4,85
Belo Horizonte - R$ 4,85
Porto Alegre - R$ 4.85
Belém - R$ 4,82
Aracaju - R$ 4,81
Cuiabá - R$ 4,74
Vitória - R$ 4,73
João Pessoa - R$ 4,71
Manaus - R$ 4,62
São Luís - R$ 4,62
Florianópolis - R$ 4,59
Boa Vista - R$ 4,56
São Paulo - R$ 4,51
Curitiba - R$ 4,43
Macapá - R$ 4,12

Aumento

Nesta segunda-feira (8), a Petrobras anunciou novo aumentos dos preços médios de venda às distribuidores da gasolina, diesel e GLP.

O preço médio de venda de gasolina nas refinarias da Petrobras passará a ser de R$ 2,25 por litro, refletindo aumento médio de R$ 0,17 por litro. Já o preço médio de venda de diesel passará a ser de R$ 2,24 por litro, refletindo aumento médio de R$ 0,13 por litro.

É a terceira alta do ano nos preços da gasolina, e a segunda no valor do litro do diesel. Desde o início do ano, a Petrobras já elevou em 22% o preço da gasolina.