domingo, 14 de março de 2021

Deputado autor de projeto contra vacina obrigatória morre com Covid

O deputado estadual Silvio Fávero (PSL), de 54 anos, que morreu neste sábado (13), em Cuiabá, foi enterrado neste domingo (14), em Lucas do Rio Verde, no norte do estado.

Amigos e familiares do parlamentar saíram da capital em cortejo até Lucas do Rio Verde.

Fávero foi enterrado no Cemitério Jardim da Paz. No local, uma equipe do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) realizou um sobrevoo e lançamento de pétalas de rosas.
Enterro do deputado Silvio Fávero em Lucas do Rio Verde — Foto: Ciopaer/Divulgação

Ele estava internado desde o dia 4 de março e intubado com Covid-19 uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

De acordo com os médicos do deputado, neste sábado Fávero teve complicações e infecções causadas pela Covid-19 e a situação dele era considerada ‘crítica’.

Em nota, a família do deputado agradeceu por todas as orações e manifestações positivas.
Silvio Fávero foi enterrado no Cemitério Jardim da Paz — Foto: Ciopaer/Divulgação

Fávero deixa a mulher Katia e três filhos: Gabriel, Gustavo e João Ricardo.

Projeto de lei

Fávero era autor de um projeto que tramita na Assembleia Legislativa contra a obrigatoriedade da vacina contra a Covid. Segundo ele, o cidadão tem o direito de escolher se vai vacinar ou não.

Já sobre os menores de idades, o projeto diz que os pais ou responsáveis poderão escolher pela vacinação ou não das crianças e adolescentes menores de 14 anos.

“[O projeto] visa evitar que a vacinação seja compulsória, eis que, atualmente, subsiste insegurança quanto à eficácia e eventuais efeitos colaterais das vacinas, onde apresentam um risco que, sem dúvida alguma, é irreparável, já que os efeitos a curto, médio e longo prazo da vacina são desconhecidos”, justifica.

Repercussão

Em nota, o Governo de Mato Grosso lamentou a morte do deputado estadual Silvio Favero. O governador Mauro Mendes (DEM) irá decretar luto oficial de três dias, que será publicado no Diário Oficial do Estado.

"Favero deixou sua marca na história de Mato Grosso, lutando por aquilo que acreditava ser o certo. Um companheiro do Estado na busca das melhores condições para os mato-grossenses. Eu e minha esposa desejamos força neste momento de luto à toda família e que Deus possa abençoa-lo e recebe-lo de braços abertos", disse o governo.

A Prefeitura de Cuiabá também emitiu nota lamentando a morte do deputado.

“Com muita tristeza acompanhei nos últimos dias as notícias do estado de saúde do nosso deputado estadual Silvio Fávero e hoje, com profundo pesar ele nos deixa. Infelizmente, a Covid-19 fez mais uma vítima e neste momento de dor deixo o meu abraço forte aos familiares e amigos de Silvio. A população de Mato Grosso perde um parlamentar dedicado”, disse o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro.

Assembleia Legislativa de Mato Grosso

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), Max Russi, em nome da Mesa Diretora, divulgou nota e lamentou a morte do deputado, externando 'seu pesar e condolências à família e amigos do parlamentar'.

''''A ALMT decreta luto oficial de três dias e se solidariza às mais de seis mil famílias mato-grossenses que, nos últimos meses, têm perdido seus entes queridos para a Covid-19''.