sexta-feira, 26 de março de 2021

Português com Covid-19 é detido no Aeroporto de Natal ao tentar embarcar sem máscara

Por G1 RN
Um cidadão português com resultado positivo para Covid-19 foi detido no Aeroporto de Natal nesta sexta-feira (26) ao tentar embarcar. Além de estar infectado pelo coronavírus, o homem se recusou a usar máscara. O homem tem residência fixa em Natal e o destino para onde ele tentou embarcar não foi informado.

O português estava com o teste que apontava o resultado positivo em mãos para apresentar à companhia aérea no momento do embarque.

De acordo com a Inframérica, empresa administradora do terminal, agentes da Polícia Federal e da Anvisa foram acionados e o homem levado por agentes para uma sala isolada no terminal aéreo.


A Anvisa informou que o estrangeiro passou por exame clinico feito pelos profissionais médicos do aeroporto. A Anvisa pegou os dados do estrangeiro, fez um auto de infração por descumprimento de norma sanitária e ele foi liberado após um carro buscá-lo.

Ainda de acordo com a Anvisa, o passageiro foi orientado a permanecer em isolamento por 14 dias. As empresa aéreas foram informadas que o embarque do passageiro está proibido pelos próximos 10 dias.

Após o fato, a Inframerica acionou a equipe de limpeza do aeroporto para uma desinfecção total com produtos de higienização de UTI hospitalar das áreas do terminal.

Novas regras de uso de máscaras

As novas regras sobre o uso de máscaras em aeroportos e aviões entraram em vigor nesta quinta-feira (25). Passageiros só poderão embarcar usando máscaras de pano com duas camadas, máscaras cirúrgicas ou N95/pff2.

As alterações foram aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O passageiro que estiver usando uma dessas máscaras será proibido de embarcar. Em viagens nacionais será permitido tirar a máscaras apenas para beber água. Apenas idosos, pessoas com necessidades especiais e crianças menores de 12 anos podem tirar a máscara para se alimentar.