quinta-feira, 11 de março de 2021

Promotor que chamou Lula de "encantador de burros" terá de pagar R$ 60 mil

Promotor que chamou Lula de "encantador de burros" terá de pagar R$ 60 mil Indenização pedida pela defesa de Lula, no entanto, era de R$ 1 milhão Imagem: Reprodução/CNBC Marcela Leite Do UOL, em São Paulo 22/03/2019 18h57 O promotor Cassio Roberto Conserino foi condenado a pagar uma indenização de R$ 60 mil com "finalidade reparatória e pedagógica" ao ex-presidente Lula por chamá-lo de "encantador de burros". 

A decisão é do juiz Anderson Fabrício da Cruz, da 3ª Vara Cível da Comarca de São Bernardo do Campo (SP). Segundo a defesa de Lula, o promotor teria ofendido o presidente por meio de uma publicação no Facebook em dezembro de 2016. 
Fonte: noticias.uol.com.br