terça-feira, 6 de abril de 2021

Botijão do gás de cozinha tem mais um aumento e promessa do governo federal em baixar pela metade, foi apenas promessa

O ministro da Economia, Paulo Guedes, prometeu que o preço do botijão do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) residencial, conhecido como gás de cozinha, cairia até 50% com a abertura do mercado do setor no país, por causa da maior competição entre empresas. Na época, o Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) aprovou resolução com diretrizes para dar início à abertura do mercado de gás no Brasil.

Durante a campanha, o presidente Jair Bolsonaro também prometeu baixar para apenas R$ 30 o valor do botijão no seu mandato. (informações metro1)