segunda-feira, 17 de maio de 2021

Ex-presidiário é assassinado dentro ambulância enquanto era transferido de Areia Branca para o Hospital Tarcísio Maia em Mossoró

O ex-presidiário Antônio José Juvita de Medeiros, o " Dudé" de 40 anos de idade, foi morto a tiros, na manhã deste domingo 16 de maio de 2021, na cidade de Areia Branca, na região da Costa Branca Potiguar.

De acordo com informações colhidas pela reportagem do Blog Fim da Linha, junto a Polícia Militar daquela cidade, a vítima, foi baleada inicialmente, na Rua Dom Bosco no Bairro Somoban, onde morava e socorrido para o Hospital Hospital Sarah Kubitschek.

Quando ele era transferido por uma ambulância para o Hospital Tarcísio Maia em Mossoró, os inimigos retornaram e novamente atiraram contra a vítima que já estava dentro da ambulância. Antônio Carlos Juvita, ainda chegou a ser retirado do veículo e encaminhado de volta ao hospital da cidade, porém não resistiu e foi a óbito naquela unidade hospitalar.

O capitão Júlio Cesar, comandando da PM em Areia Branca, informou que a Polícia Militar, não foi solicita para escoltar a ambulância até a Mossoró, o que segundo ele, facilitou uma nova investida dos criminosos.

Dudé, como era mais conhecido esteve preso na Cadeia Publica de Mossoró, respondendo processo por tráfico de droga (artigo 33) e havia deixado a unidade em dezembro de 2020, através de alvará de soltura expedido pela justiça.

Até o momento não há informações sobre motivação e autoria do crime. O corpo do ex-presidiário será encaminhado por uma funerária, para o ITEP de Mossoró onde será examinado e depois liberado para os familiares. O caso será investigado pela Polícia Civil da cidade, sob o comando da Dra. Christiane Magalhães.