quinta-feira, 24 de junho de 2021

Bolsonaro chega ao RN e provoca aglomeração; presidente não usava máscara

Agenda prevê visita a obra da barragem de Oiticica e assinatura de ordem de serviço do Ramal Apodi.
Por G1 RN
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) cumpre agenda no Rio Grande do Norte nesta quinta-feira (24). O avião presidencial pousou no Aeroporto de Mossoró por volta das 9h10. Essa é a segunda vez que Bolsonaro visita o estado, desde que foi eleito.

O presidente desembarcou do avião sem máscara e cumprimentou apoiadores que se aglomeraram em frente ao Aeroporto. Parte deles também não usava a proteção.

Os ministros Rogério Marinho, do Desenvolvimento Regional, e Fábio Faria, das Comunicações, que acompanham o presidente na visita, também estavam sem máscaras.

O uso de máscara para prevenção à Covid-19 é obrigatório no Rio Grande do Norte desde maio de 2020. O decreto estadual, no entanto, não estabelece multa. Já o município de Mossoró informou que também segue os decretos estaduais.

A comitiva embarcou em um helicóptero da Força Aérea para seguir a Jucurutu, também no Oeste potiguar. No município, o presidente vai visitar as obras da Barragem de Oiticica, que é de responsabilidade do governo do estado e tem apoio financeiro da União.

A estrutura deverá receber águas da transposição do Rio São Francisco e está com 90,8% das obras concluídas, segundo o governo federal. A obra teve licitação aberta em 2004, ordem de serviço assinada em 2013 e está orçada em R$ 657,2 milhões.

Ainda na agenda, o presidente deverá seguir para Pau dos Ferros, no Alto Oeste potiguar, onde participará da assinatura da ordem de serviço para construção do Ramal do Apodi.

Segundo o governo, o ramal vai levar as águas do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco a 54 municípios nos estados do Rio Grande do Norte (32), Paraíba (13) e Ceará (9), atendendo 750 mil pessoas. O investimento federal no empreendimento é de R$ 938,5 milhões.