sábado, 30 de outubro de 2021

Frente Parlamentar das Águas visita obras de transposição do Rio São Francisco na PB

Em mais uma atividade externa da Frente Parlamentar das Águas da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, os deputados estaduais Francisco do PT e George Soares (PL), participaram nesta sexta-feira (29) de um evento de visitação e celebração pela chegada das Águas do Rio São Francisco, ao trecho final do Eixo Norte da transposição na Barragem de Boa Vista em São José de Piranhas (PB).

"Hoje é um dia histórico. Ver essas águas chegando na Paraíba nos dá a certeza que em breve estas chegarão ao solo potiguar", disse Francisco, vice-presidente da Frente Parlamentar das Águas.

O evento organizado pelo presidente da Frente Parlamentar das Águas e da Agricultura familiar da Assembleia Legislativa da Paraíba, Jeová Campos (PSB), reuniu uma comitiva formada por políticos, representantes de sindicatos, igrejas, associações civis e da comunidade paraibana e sertaneja, as margens da maior barragem do Eixo Norte.

"Hoje é um dia de alegria para todos que participaram da batalha para consolidação da chegada das águas do Rio São Francisco ao sertão da Paraíba", disse Jeová.

As águas do "Velho Chico" chegaram ao Estado da Paraíba pela Barragem de Morros, seguindo para a Barragem Boa Vista, ambos localizados em São José de Piranhas. De lá seguem pelo túnel Cuncas 2, desemboca no Reservatório Caiçara, que terá duas tomadas d'água. A primeira abastecerá a Barragem Engenheiro Ávidos e a outra abastecerá o Ramal do Apodi, através do o rio Piranhas-Açu, no Rio Grande do Norte, levando água a Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, em Assu.

"A chegada das águas do Rio São Francisco ao Rio Grande do Norte, representa desenvolvimento, vida e a permanência do homem do campo em sua terra", comentou George Soares.

Quando pronto, o Apodi vai atender 750 mil pessoas de 54 cidades da Paraíba, do Rio Grande do Norte, Ceará e Pernambuco. O início das obras do empreendimento foi em junho deste ano. O investimento federal nas obras físicas é de R$ 938,5 milhões.

A obra de transposição do Rio São Francisco tem 260 km extensão, três estações elevatórias e beneficiará 12 milhões de pessoas nos Estados do Ceará, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte.