sexta-feira, 1 de outubro de 2021

Queiroga diz que novo teste deu positivo e ele não pode voltar ao Brasil

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, informou hoje que deu positivo o novo teste de covid-19 que ele realizou nos Estados Unidos e, por isso, ainda não pode retornar ao Brasil. Dessa forma, continuará sua quarentena em Nova York até passar por um novo exame.

Devido às restrições de viagens entre o país norte-americano e o Brasil, o ministro poderá retornar apenas quando receber um teste de corona vírus negativo. ”Infelizmente, o exame RT-PCR que fiz ontem continua positivo, o que me impede de retornar ao Brasil ainda hoje.

Sigo trabalhando a distância p/ acelerar a imunização dos brasileiros. Agradeço a todos que estão torcendo por mim Estou sem sintomas e logo logo estarei de volta”, postou Queiroga no Twitter.

A equipe do ministro da Saúde tinha expectativa que o novo exame desse negativo, já que ele afirmou ter tomado as duas doses da vacina contra a covid-19, só sentiu sintomas nos dois primeiros dias e teve febre baixa.

Queiroga foi diagnosticado com corona vírus no dia 21 de setembro, quando estava em Nova York, nos Estados Unidos, como parte da comitiva do presidente Jair Bolsonaro(sem partido).

Quatro integrantes desse mesmo grupo testaram positivo para covid: além de Queiroga, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, o deputado federal e folho do presidente, Eduardo Bolsonaro, e um diplomata responsável por ajudar a organizar a viagem.

No último domingo, a assessoria de imprensa do Planalto informou que Bolsonaro e a primeira-dama, Michelle, testaram negativo para a doença. Os ministros Anderson Torres (Justiça), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria-Geral da Presidência) e Gilson Machado (Turismo) também disseram ter exame negativo. Todos estes estiveram na viagem.