quarta-feira, 1 de dezembro de 2021

Ezequiel diz que ALRN está em patamar de destaque nacional após novo prêmio da Unale

O Presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (RN), deputado estadual Ezequiel Ferreira (PSDB), parabenizou os servidores da Casa pelo prêmio na categoria Gestão recebido pela segunda vez consecutiva durante a 24ª Conferência Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (CNLE), realizada em Campo Grande (MS), dessa vez pelo desenvolvimento do programa e-Legis. Durante um encontro promovido para celebrar a premiação nesta terça-feira (30), o parlamentar disse que o desempenho obtido coloca o Legislativo Potiguar em posição de destaque no país.

“A emoção em ver a Assembleia Legislativa do RN no patamar que sempre quisemos que ela estivesse, é muito grande. Esse resultado se deve a equipe de excelência que foi constituída, a dedicação e ao entusiasmo de todos os servidores que fazem parte desse time, que mudou a cara da Assembleia. Competir com o restante do Brasil e ser bicampeão mostra o desejo que temos de avançar. E a Assembleia está em um patamar de nível nacional, que dá orgulho a todos nós”, disse Ezequiel.

Desenvolvido pela equipe de tecnologia da informação da Assembleia, o sistema e-Legis é uma ferramenta destinada a gerenciar o ciclo do processo legislativo, tornando-o totalmente eletrônico, desde a concepção das proposições nos gabinetes parlamentares até a sua votação em Plenário.

Para o diretor-geral da Assembleia, Augusto Carlos Viveiros, “a procura da excelência não é objetivo, é hábito. E esse é o hábito que a Assembleia colocou no seu currículo desde que Ezequiel assumiu a presidência da Casa”. Ele relembrou ações adotadas pela atual gestão, como a reforma administrativa, a programação financeira e o planejamento estratégico adotado. “Essa é a recompensa pelo esforço de todos. A gente faz a melhor gestão”, disse Viveiros.

Além de Viveiros, também estiveram presentes no encontro a diretora administrativa da ALRN, Dulcinéa Brandão, a diretora legislativa, Tatiana Mendes Cunha, o procurador geral da ALRN, Sérgio Freire, o diretor da presidência da Assembleia, Fernando Rezende, o diretor de tecnologia da informação da Casa, Mário Sérgio, e o diretor da Escola da Assembleia, João Maria de Lima.