terça-feira, 11 de janeiro de 2022

RN não registra mortes de adolescentes por Covid-19 após vacinação do grupo, diz relatório

G1RN - Vacinação de pessoas com idade entre 12 e 17 anos começou em setembro no Rio Grande do Norte. Antes da imunização, estado registrou 32 óbitos. 

Um levantamento feito pelo Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (Lais/UFRN), aponta que após o início da vacinação do público de 12 a 17 anos contra a Covid-19, não foram mais registrados óbitos de adolescentes com a doença no Rio Grande do Norte. 

As doses dos imunizantes destinadas a esse público começaram a ser aplicadas a partir de setembro de 2021 no estado. Antes do início da imunização, o RN havia registrado 32 mortes entre adolescentes, mas não teve novos casos entre outubro e dezembro. 

Ainda de acordo com o relatório divulgado no último sábado (8) pelo Lais, 81% deste público já se vacinou com pelo menos uma dose (D1) e 50% já está totalmente vacinado (com a D1 e a D2). 

“Os dados reforçam, ainda mais, a importância da vacinação de toda a população, inclusive de crianças a partir dos cinco anos de idade”, reforça o diretor executivo do Lais, professor Ricardo Valentim.