sexta-feira, 4 de fevereiro de 2022

Polícia Militar integra força tarefa para coibir furtos de cabos e fios elétricos

Comandante Geral da PMRN, Coronel Alarico Azevedo, participou de uma reunião na manhã desta quinta-feira (3,) em Mossoró, com diversas forças da segurança pública estadual
A Polícia Militar do Rio Grande do Norte participou de uma reunião na manhã desta quinta-feira (3), em Mossoró, para debater a formação de uma força-tarefa composta por diversas frentes da segurança pública estadual para coibir o furto e a receptação de fiação pública.

A Polícia Militar já vem realizando um policiamento ostensivo diuturnamente nos bairros, e por conseguinte, policiamento este que é levado a efeito buscando a prevenção criminal e a manutenção da paz social, através de Policiamento Motorizado, seja em viaturas ou motocicletas, contando ainda com o apoio dos Grupos Táticos de Operação (GTO), em cobertura ao Policiamento citado, suplementado por equipes do Comando De Polícia Rodoviária Estadual (CPRE),e por equipes de Unidades de Policiamento Especializado (ROCAM, BPChoque, e outros), se necessário.

O Coronel Alarico Azevedo, Comandante Geral da PMRN salientou a importância do trabalho integrado entre as polícias e a comunidade.

“A Polícia Militar, desde que foi noticiada ocorrências de furto de cabos e fios elétricos na região, tem buscado identificar os suspeitos destes delitos, buscando maiores informações e imagens, junto a moradores e comerciantes, e que as informações que forem obtidas serão compartilhadas com a Polícia Civil, de modo a poder responsabilizar criminalmente o(s) autor(es) de tal delito. Ressaltamos ainda a importância de fazer o registro de ocorrências, de modo a possibilitar o quanto antes a ação da Polícia Militar, desde o policiamento orientado pelas estatísticas criminais até ações voltadas a captura de infratores”, disse Alarico.

Estiveram presente na reunião, o secretário de segurança do RN, Coronel Araújo, o secretário adjunto, delegado Osmir Monte, do subcomandante-geral do Corpo de Bombeiros, Coronel Acioli, e do diretor de Polícia do Interior, delegado Marcos Geriz. Além de policiais civis e militares da região, gestores da Cosern e empresários que representaram os setores comerciais mais afetados pela ação dos bandidos.
Fonte: PM_RN