sexta-feira, 11 de março de 2022

Policiais e Bombeiros militares entregam proposta ao governo e esperam até o dia 18 uma resposta da governadora

Policiais militares e Bombeiros do Rio Grande do Norte realizaram nesta quinta feira 10 de março, uma reunião com equipe do governo, onde apresentaram uma pau de reivincações, entre elas a equiparação salarial com as demais forças de segurança do estado. O governo pediu um prazo de 10 dias, para dar uma resposta as reivindicações.

De acordo com o presidente da Associação dos Praças de Mossoró e região Oeste (APRAM), sargento Juscelino Batalha, policiais miulitares e bombeiros militares têm o menor salário em se comparando com as Polícias Civil e Penal do estado. "O que queremos é uma equiparação salarial o que é por demias justa,enfatizou Batalha.

O representante da categoria, não descarta uma paralização das atividades da PM e Corpo de Bombeiros, a partir do dia próximo dia 18. " Estamos dispostos a interromper os trabalhos caso não haja nenhuma resposta satisfatória às nossas reivindicações, por parte do governo do estado, disse o presidente da APRAM, enfatizando que é preciso a mobilização de todos.
Fonte: Fim da Linha