domingo, 12 de junho de 2022

Curso de formação de policiais penais vai custar até R$ 428 por hora aula; Governo se manifesta

Uma série de pontos polêmicos fizeram o curso de formação de futuros policiais penais ser destaque na imprensa loca neste sábado (11). O motivo da polêmica é a quantidade de horas-aulas que alguns instrutores vão dar. Em outros casos, o valor cobrado por cada uma delas.

Segundo o Blog de Gustavo Negreiros, que destacou o assunto, chamou atenção o caso de João Vitor Olaia Soares, que já foi diretor da Cadeia Pública de Natal. Ele que vai receber R$ 147,609.00 por 756 horas aula.

Albertino Kennedy Nazário da Silva deu 252 horas, vai receber R$ 108,559.00. Em 2021, foi punido em um processo disciplinar, mas que prescreveu. O interessante, Adson Lopes Perazzo Maia ministrou 528 horas, tem um valor para receber de R$ 103,092.00, porém em 2016 ele era apenas um estagiário do TJ/RN, deve ter aprendido muito nos últimos anos.

Só para ter um exemplo, um professor do estado com uma carga de 120 horas mês ficaria com um salário de R$ 51.360,00. A realidade é bem diferente, o salário do professor do estado é de R$ 3.486,77.

Nota à imprensa

“A Secretaria da Administração Penitenciária (SEAP), a respeito de notícias propagadas em grupos de whatsApp com tabela de valores relativos a serviços prestados por policiais penais, instrutores do Curso de Formação da Polícia Penal, entre os meses de novembro de 2021 e junho de 2022, esclarece que, sempre pautada pelos princípios da legalidade, moralidade e da transparência, NÃO REALIZARÁ PAGAMENTOS sem a anuência da Procuradoria Geral do Estado, da Secretaria de Planejamento e da Controladoria Geral do Estado. Informa ainda que toda prestação de contas está sendo submetida a análise dos setores de controle e fiscalização da pasta.
FONTE: ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL DA SEAP/RN”