terça-feira, 4 de setembro de 2018

Polícia Civil do RN diz que conflito entre facções resultou em morte de menina de 2 anos vítima de bala perdida

A Polícia Civil afirma que a morte da menina Paula Isamara Mendes, de 2 anos de idade, tem ligação com os conflitos entre facções criminosas que atuam em Parnamirim, na Grande Natal. Paula Isamara foi atingida por uma bala perdida no sábado (1º) e morreu na noite desta segunda-feira (3).
O delegado Alexandro Gomes Bezerra dos Santos, titular da 1ª Delegacia de Polícia de Parnamirim, está à frente das investigações. Segundo ele, algumas testemunhas já foram ouvidas e as equipes da Polícia Civil continuam na área em busca de mais informações. A apuração do caso está sendo realizada em parceria com a delegacia de Macaíba.
Josilma de Oliveira, mãe da menina, diz que estava com a filha e mais alguns familiares comemorando o aniversário da avó da criança, em frente a uma casa no bairro Bela Vista, no momento em que ela foi atingida.
A mulher conta que dois homens passaram na frente do imóvel em uma moto, inicialmente olhando quem estava lá. Em seguida eles voltaram e atiraram. Um homem também foi atingido pelos tiros. Ele foi levado ao Hospital Deoclécio Marques, em Parnamirim. Josilma também foi levada para o hospital, pois fraturou o pé quando prestava socorro à filha.
G1/RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário