quinta-feira, 21 de novembro de 2019

190ª Morte violenta em Mossoró 2019: Acusado de envolvimento em morte de PM morre em confronto com policiais da Força Tarefa de Segurança.

A ocorrência foi registrada por volta das 23h50min final da noite desta quarta feira 20 de novembro de 2019, na Avenida Sérvulo Marcelino, área do bairro Planalto 13 de Maio em Mossoró no Oeste do Rio Grande do Norte.

Segundo as primeiras informações, um suspeito identificado como, Wilhian Bezerra de Oliveira, o "Belo das Mirandas", 24 anos de idade, natural de Caraúbas, teria reagido a uma abordagem das equipes que integram a Força Tarefa de Segurança e trocado tiros com os policiais civis e militares que realizavam operações no Grande Alto São Manoel..

Durante o confronto, "Belo das Mirandas" como era mais conhecido no mundo do crime, acabou sendo baleado e socorrido pelos policiais para o Hospital Regional Tarcísio Maia, porém não resistiu e morreu ao dar entrada na unidade hospitalar.

Segundo a polícia, o elemento morto era um dos suspeitos de participação da execução do cabo da PM, Ildônio José da Silva, morto durante um suposto assalto a um ônibus de estudantes Universitários, ocorrido na RN 117, entre Caraúbas e Governador Dix Sept Rosado, no dia 16 de agosto de 2018.

Belo das Mirandas como era mais conhecido, respondia vários processos, entre roubos,tráfico de drogas, homicídio e até latrocínio, nas comarcas de Campo Grande, Caraúbas e Upanema (Ver processos). Ele também estava com dois mandados de prisão definitivas em abertos, ou seja com sentenças condenatórias, sendo uma de 6 anos e 8 meses, por roubo (art. 157) e corrupção de menor (art. 288B) na comarca de Campo Grande RN e outra de 6 anos e 5 meses por crime de roubo, na comarca de Upanema.

A Força Tarefa de Segurança, criada pelo governo do estado com objetivo de combater a violência desenfreada que vem assolando a cidade de Mossoró. A Força Tarefa envolve policiais Civis e Militares.
Fonte: Fim da linha

Nenhum comentário:

Postar um comentário