quarta-feira, 11 de março de 2020

Deputados de oposição recebem sindicatos e alinham emendas à PEC da Previdência

Crédito da Foto: Eduardo Maia
Os deputados de oposição ao governo do Estado na Assembleia Legislativa do RN participaram de reunião com representantes de sindicatos ligados aos servidores estaduais e chegaram a um consenso para apresentação de emendas ao Projeto de Emenda Constitucional da Reforma da Previdência Estadual, que tramita na Casa. As sugestões contemplam a alíquota de contribuição inicial de 7,5%, teto previdenciário de isenção para os servidores aposentados de R$ 3.500 e aposentadoria espacial para a mulher trabalhadora em saúde que trabalha com insalubridade.

“Os sindicatos trouxeram emendas que são muito parecidas com o que o grupo de deputados da oposição já tinham assinado, fizemos apenas algumas pequenas modificações. Vamos apresentar esse texto na terça-feira para a comissão e esperamos a aprovação das propostas para que elas possam ser debatidas e votadas em plenário”, disse o deputado Gustavo Carvalho (PSDB).

A presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público da Administração Direta do RN, Janeayre Souto, criticou a falta de diálogo com a governadora Fátima Bezerra (PT). “Conseguimos ser ouvidos pelos deputados, já que a governadora não teve tempo de ouvir os servidores e fechamos propostas a partir do que trouxemos”, destacou.

Além dos deputados Allyson Bezerra (SDD), José Dias (PSDB), Tomba Farias (PSDB), Getúlio Rego (DEM), Gustavo Carvalho (PSDB), Galeno Torquato (PSD), Coronel Azevedo (PSC) e Kelps Lima (SDD), participaram da reunião desta quarta-feira (11), os representantes dos Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público da Administração Direta do Estado do Rio Grande do Norte (Sinsp), Sindicato dos Servidores em Saúde do Estado do Rio Grande do Norte (Sindsaúde), Sindicato dos Agentes Penitenciários do Estado do Rio Grande do Norte (Sindasp) e Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário do Estado do Rio Grande do Norte (Sindjustiça).