terça-feira, 23 de fevereiro de 2021

DEPUTADOS REPERCUTEM AÇÕES POLÍTICAS E DE SAÚDE PARA ENFRENTAMENTO DA COVID-19

 

Durante a sessão ordinária da Assembleia Legislativa do RN desta terça-feira (23), no horário dos deputados, Vivaldo Costa (PSD) lamentou o momento de pandemia pelo qual passa todo o mundo e afirmou que a solução para o problema passa pela trégua política entre os governos federal, estaduais e municipais. 

“Precisamos de um pacto pela vida, e isso só será possível se fizermos uma trégua em 2021. Esse ano a preocupação número 1 deve ser ‘salvar vidas’. E esse é um discurso que eu uso desde março de 2020: trégua, paz, pacto pela vida, acreditar na ciência, nas orientações da Organização Mundial de Saúde”, argumentou. 

Em seguida, o parlamentar lembrou que o Brasil e o Rio Grande do Norte atravessam um momento de muita dificuldade, e a saída, segundo ele, será a vacina. “Graças a Deus, a imunização chegou antes do esperado, em menos de um ano. E nós precisamos mais do que nunca da união entre governadora, prefeitos e ministro da Saúde”, defendeu. 

De acordo com Vivaldo Costa, o ministro Eduardo Pazuello afirmou recentemente, quando esteve no Congresso Nacional, que 50% da vacinação da população serão concluídos até julho e os outros 50% ocorreriam até dezembro deste ano. 

“O ministro disse também que, muito em breve, estaremos entre os primeiros países do mundo, em números totais e percentuais de imunização. Segundo Pazuello, estão funcionando no Brasil de 27 a 38 mil postos de vacinação, além das duas fábricas, Fiocruz e Butantan, que estão produzindo os imunizantes. Por fim, ele falou que precisamos nos unir contra esse inimigo, pois se ficarmos com disputas políticas, o resultado será óbvio: perderemos mais vidas”, explicou Vivaldo.

“Por isso eu defendo que haja união entre todos os grupos divergentes. Precisamos dar uma trégua na politicagem, para que possamos, unidos, salvar mais vidas. O momento não é de brincadeira. E eu falo com a experiência de um médico com mais de 50 anos de profissão”, finalizou. 

Dando continuidade ao horário destinado aos deputados, Dr. Bernardo (Avante) tratou de fatos relevantes na área da Saúde para a região Oeste Potiguar. 

“Quero agradecer à governadora Fátima Bezerra, juntamente com sua equipe de Saúde, e parabenizar o povo da região Oeste. Esta semana tivemos uma solenidade no Hospital Cleodon Carlos, em Pau dos Ferros, onde foi inaugurado o Centro de Imagem da unidade, com a instalação de um tomógrafo, um arco cirúrgico e também a digitalização do serviço de radiologia”, contou.

De acordo com o parlamentar, o tomógrafo irá salvar vidas por meio do diagnostico; e o arco cirúrgico irá possibilitar a cura de pacientes que vinham para Natal realizar cirurgias de fraturas, em especial de fêmur, que só se faz com o referido aparelho. 

“E hoje tudo isso já é realidade em Pau dos Ferros. Não era mais um sonho; já tinha virado pesadelo do moradores da região do Alto e Médio Oeste. E agora eles podem contar com esses equipamentos, sem precisar se deslocar para Mossoró ou Natal”, afirmou.

Na sequência, ele falou da felicidade pela realização, semana passada, no Hospital Maternidade Abel Belarmino de Amorim, em Almino Afonso, de 150 cirurgias de catarata, em pacientes de diversos municípios do Estado. “Isso foi possível graças a uma emenda parlamentar que nós destinamos para que fossem realizadas essas cirurgias pelo SUS”, acrescentou.

Segundo Dr. Bernardo, a mesma unidade hospitalar ainda recebeu, na última sexta-feira (19), a visita da secretária adjunta de Saúde do RN, Maura Sobreira.

“Nós tratamos da necessidade de habilitação do hospital no Programa de Cirurgias Eletivas do Estado, e ficou acertado que isso será feito, após inspeção nas instalações da unidade de saúde. O objetivo principal é desafogar o enorme gargalo de cirurgias eletivas, não só na região Oeste, mas em todo o Rio Grande do Norte”, disse.

Finalizando, o deputado falou que abordou também a necessidade urgente da interiorização do SAMU em todas as regiões do RN. “Eu já fiz requerimento nesta Casa, solicitando que se instale uma base do SAMU no hospital de Almino Afonso. Então, essa tem sido essa a nossa luta: uma batalha permanente para dias melhores em prol do povo da nossa região, em especial na área da Saúde”, concluiu Dr. Bernardo.