terça-feira, 13 de julho de 2021

Polícia destrói plantação de maconha em Janduís na região Oeste do Rio Grande do Norte

Uma operação conjunta realizada pelas polícias Civil, Militar, Rodoviária Federal e o Corpo de Bombeiros da Paraíba resultou na desarticulação de organização criminosa que atuava em vários estados brasileiros. A Operação Máchi foi deflagrada nesse fim de semana e prendeu oito pessoas nos estados da Paraíba, Bahia e em Brasília. Entre os presos está um sargento da Polícia Militar de Brasília, que era responsável pela segurança do grupo.

O grupo preso é investigado por envolvimento em ataques a agências bancárias, tráfico de drogas, roubo de gado e lavagem de dinheiro. Durante as diligências, os policiais apreenderam drogas e armas de fogo, além de localizarem uma plantação de maconha com 100 mil mudas para cultivo, no município de Janduís, na região Oeste do Rio Grande do Norte.

De acordo com o superintendente de Polícia Civil na região de Patos (PB), delegado Cristiano Jacques, o local onde foi encontrado o plantio também era utilizado como esconderijo para membros da organização criminosa, após roubos a agências bancárias.

“Trata-se de uma organização criminosa bem articulada e que movimentava muito dinheiro com esses crimes. Eles estavam se programando para mais um roubo a banco na Paraíba”, disse o superintendente.

No ponto-base do grupo havia tendas, redes de dormir, alimentos não perecíveis e vários utensílios. A plantação de maconha era mantida com um sistema de irrigação.

A operação foi coordenada pelo superintendente Cristiano Jacques e o Delegado Diego Beltrão, da Draco, além do coronel Campos (CPR2) e Major Esau (Bope), por parte da Polícia Militar
Por: Portal Paraíba