sábado, 14 de agosto de 2021

Maia potencializa críticas a Jair Bolsonaro: ‘ditador igual a Chavez’

O deputado federal Rodrigo Maia (sem partido-RJ) reagiu hoje às mensagens do presidente Jair Bolsonaro, no começo da manhã deste sábado, em que diz que pedirá ao Senado abertura de processo contra os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes e Luis Roberto Barroso na próxima semana. “Assim atuam os populistas. Depois de eleitos, atacam as instituições democráticas e tentam destruir a democracia representativa e o Estado democrático. É, na verdade, um ditador igual a Chávez”, escreveu Maia, em publicação no Twitter.

Bolsonaro argumenta em suas postagens também na rede social que a instauração do processo estaria fundamentada no artigo 52 da Constituição, que estabelece como competência privativa do Senado processar e julgar os ministros do STF por crimes de responsabilidade. “Todos sabem das consequências, internas e externas, de uma ruptura institucional, a qual não provocamos ou desejamos. De há muito, os ministros Alexandre de Moraes e Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, extrapolam com atos os limites constitucionais”, escreveu Bolsonaro em suas redes sociais, no começo da manhã deste sábado.