sexta-feira, 6 de maio de 2022

Caicoense é preso pela Polícia Civil após assalto na PB; Taxista transportava integrantes da facção “Sindicato do Crime”

A Polícia Civil do Estado da Paraíba, através da Delegacia do município de Malta, na Região Metropolitana de Patos, identificou os autores do roubo ocorrido na madrugada desta quinta-feira, 05/05, por volta das 01h, onde quatro elementos armados renderam o motorista da Prefeitura de Malta, e subtraíram a quantia de R$ 2.000,00, três TVs Smarts, um computador, roupas e um veículo GOL, ano 2022, pertencente à Prefeitura de Malta. Os bandidos chegaram em um veículo Voyage, de cor branca, e abordaram a vítima, quando estava chegando em sua residência.

Os agentes de investigação entraram em diligência, e identificaram o carro usado pelos assaltantes, que seria um veículo Voyage (táxi), de cor branca, placa QSG 8G38, com um adesivo na parte lateral da porta do passageiro, e que teria vindo da cidade de Caicó-RN.

Após levantamento da placa do veículo, chegou-se ao proprietário do mesmo, e a equipe se dirigindo à cidade de Caicó, por volta das 08h, conseguiram localizar a pessoa dona do veículo, o qual informou que o referido veículo estava alugado a outra pessoa, e que o mesmo era taxista na cidade de Caicó.

O delegado Elcenho Leite, que estava à frente da operação, disse que por volta das 14h conseguiram localizar o taxista, tendo o mesmo inicialmente negado que tenha vindo para a cidade de Malta e que não havia emprestado o veículo Voyage a ninguém ultimamente. Relata o delegado Elcenho Leite, mostrado ao taxista a imagem do veículo Voyage, de cor branca, e com o adesivo na porta, o mesmo não tendo outra saída, relatou que havia sido contratado para fazer uma viagem para a cidade de Malta, pelo valor de R$ 200,00, e que teria trazido três pessoas, porém, não sabendo do que se tratava.

“Sabiamos que o taxista estava mentindo, aí demos voz de prisão em flagrante por roubo qualificado à pessoa de nome J. P. S., com 57 anos de idade, o qual posteriormente declinou o nome dos comparsas”, disse o delegado Elcenho Leite. Ainda relatou o delegado Elcenho Leite, que as pessoas envolvidas no assalto pertencem à facção criminosa denominada “Sindicato do Crime” do Estado do Rio Grande do Norte e tem ligação com a facção criminosa “Alkaida” no Estado da Paraíba e são bandidos de alta periculosidade.

Os veículos e os bens ainda não foram localizados, mas a Polícia Civil da PB/RN estão em diligências para prender o restante da quadrilha e recuperar os bens subtraídos.

O preso, após a lavratura do Auto de Prisão em Flagrante, está a disposição da Justiça guardando audiência de custódia.
Texto e imagens: Assessoria – Polícia Civil com Patosonline.com