domingo, 29 de maio de 2022

Homem sofre choque, fica ferido e é preso após tentar roubar cabos de energia no interior

Caso aconteceu em Areia Branca, no Oeste potiguar. Comparsa também foi detido pela PM.
Por g1 RN
Um homem sofreu um choque, ficou ferido e acabou preso após tentar rouba cabos de energia de um poste na zona rural de Areia Branca, na região Oeste potiguar. O comparsa dele também foi detido pela Polícia Militar.

O caso aconteceu na madrugada de sexta-feira (27). Segundo a PM, uma equipe estava frazendo um patrulhamento de rotina, por volta de 1h, perto da BR-110, quando percebeu uma queda de energia.

Por causa de furtos recentes, de fios elétricos, os policiais suspeitaram e começaram buscas na região, até se depararem com um homem com uma lanterna, dentro de um matagal e um poste caído no chão.
Policiais encontraram poste caído na zona rural de Areia Branca e acreditam que equipamento foi derrubado por bandidos para facilitar furto de fios. — Foto: PM/Cedida

Ainda segundo a PM, o suspeito estava ferido e desorientado. Ele confessou aos policiais que estava furtanto os fios e que sofreu um choque elétrico. A polícia continuou as buscas na região e localizou o comparsa dele, que estava tentando fugir.

De acordo com a PM, a dupla tinha derrubado o poste para facilitar o furto dos cabos.

O suspeito ferido foi levado ao hospital da cidade e, após receber atendimento médico, foi encaminhado para a Delegacia de Plantão de Mossoró junto com o outro suspeito. A polícia também aprendeu um alicate usado por eles.

A dupla foi presa em flagrante por tentativa de furto e encaminhada para a Cadeia Pública de Mossoró.

Nos últimos oito meses, pelo menos cinco pessoas foram presas em flagrante pela tentativa de furto de cabos de energia em Areia Branca, segundo a PM.

A tentativa de furto frustrada nesta sexta (27) afetou cerca de 8.651 imóveis do município, segundo a Companhia de Energia do Rio Grande do Norte (Cosern). Os clientes só tiveram o fornecimento de energia normalizado no início da manhã, cerca de cinco horas depois.